LUXAÇÃO DA ARTICULAÇÃO INTERTÁRSICA PROXIMAL EM EQÜINO: RELATO DE CASO

Ubiratan Pereira Melo, Cínta Ferreira, Rafael Carvalho Fiório

Resumo


A luxação do tarso equino pode ocorrer em qualquer uma de suas quatro articulações: articulação tarsocrural, intertársica proximal, intertársica distal e tarsometatársica. No entanto, existem poucos relatos da luxação társica em equinos na literatura. Geralmente, trauma grave à articulação é a causa das luxações. Este relato tem por objetivo descrever um caso de luxação da articulação intertársica proximal em um equino. Garanhão da raça Mangalarga Paulista de 14 anos de idade sofreu lesão no membro pélvico esquerdo durante monta natural, manifestada por instabilidade da articulação intertársica proximal. Exame radiográfico confirmou a luxação. A luxação foi reduzida manualmente, e o membro imobilizado com gesso sintético. O garanhão foi confinado a uma baia durante tratamento. Seis semanas após, o gesso foi removido. Exercício controlado e acesso a um piquete pequeno foram permitidos, e quatro meses após a lesão nenhuma claudicação foi identificada.
Palavras-Chave: Claudicação, equino, luxação, membro posterior, tarso

Texto completo:

PDF - ARTIGO EM PORTUGUÊS