GANHOS GENÉTICOS NA POPULAÇÃO DE MILHO-PIPOCA UENF-14: DESENVOLVENDO A NONA GERAÇÃO DE SELEÇÃO RECORRENTE INTRAPOPULACIONAL

Autores

  • Amanda Gonçalves Guimarães Center of Sciences and Agricultural Technologies, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes, RJ http://orcid.org/0000-0003-0761-8287
  • Antônio Teixeira do Amaral Júnior Center of Sciences and Agricultural Technologies, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes, RJ http://orcid.org/0000-0003-4831-7878
  • Guilherme Ferreira Pena Center of Sciences and Agricultural Technologies, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes, RJ http://orcid.org/0000-0002-9280-6911
  • Janeo Eustáquio de Almeida Filho Center of Sciences and Agricultural Technologies, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes, RJ http://orcid.org/0000-0002-3906-8884
  • Messias Gonzaga Pereira Center of Sciences and Agricultural Technologies, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes, RJ http://orcid.org/0000-0002-3463-3768
  • Pedro Henrique Araújo Diniz Santos Center of Sciences and Agricultural Technologies, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes, RJ http://orcid.org/0000-0002-7781-215X

Palavras-chave:

Zea mays L. var. everta. Progênies S1. Produtividade. Capacidade de expansão. Volume por pipoca expandida por hectare.

Resumo

A ocorrência da correlação negativa entre produtividade de grãos (PG) e capacidade de expansão (CE) no milho-pipoca contribui para dificultar o processo seletivo. No intento de contornar esse inconveniente, foi proposto, o caráter de importância, volume por pipoca expandida por hectare (VP). O objetivo deste estudo foi desenvolver o nono ciclo da população UENF-14 de milho-pipoca, estimar o efeito direto e indireto de VP e averiguar o progresso genéticos entre todos os ciclos seletivos. Duzentas progênies endogâmicas foram obtidas e avaliadas em blocos casualizados, com arranjos em repetições dentro de sets, sendo nove sets, oito constituídos por 25 progênies e um set com todos ciclos anteriores (oito) com três repetições. Avaliou-se a altura média da planta, prolificidade, peso de cem grãos, produtividade de grãos, capacidade de expansão e volume por pipoca expandida por hectare. Realizou-se a análise de trilha para desdobrar os efeitos diretos e indiretos e o índice de seleção Mulamba e Mock para seleção de quarenta progênies superiores. Houve variabilidade genética entre as progênies para todas características. Existe relação de causa e efeito entre o VP com a PG e CE, permitindo ganhos simultâneos com a seleção indireta.  A seleção das progênies superiores com a utilização do peso atribuído por alternativas proporcionou maiores ganhos preditos de VP (20,73%). As médias obtidas em todos os ciclos indicaram aumentos, demonstrando a eficiência do uso da seleção recorrente em programas de melhoramento de milho-pipoca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26-08-2019

Edição

Seção

Agronomia