USO DO IRRIGÂMETRO NA ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DA CULTURA EM AMBIENTE PROTEGIDO

Autores

  • Lorena Júlio Gonçalves Laboratory of Agricultural Hydraulics and Irrigation and Drainage, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, BA http://orcid.org/0000-0002-0793-9630
  • Cristiano Taglieferre Laboratory of Agricultural Hydraulics and Irrigation and Drainage, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, BA http://orcid.org/0000-0003-4776-473X
  • Manoel Nelson de Castro Filho Laboratory of Agricultural Hydraulics and Irrigation and Drainage, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Vitória da Conquista, BA http://orcid.org/0000-0001-6783-9861
  • Diogo Ulisses Gomes Guimarães Agronomist Engineer, Vitória da Conquista, BA http://orcid.org/0000-0001-8706-4725
  • Felizardo Adenilson Rocha Department of Environmental Engineering, Instituto Federal da Bahia, Vitória da Conquista, BA http://orcid.org/0000-0001-6410-5176

Palavras-chave:

Variáveis climáticas. Manejo de irrigação. Feijão caupi. Consumo hídrico.

Resumo

Diante das adversidades climáticas associadas à falta de água para irrigação o cultivo em ambiente protegido no Brasil tem apresentado crescimento significativo, que ressalta a demanda de pesquisas que possibilitem estimar precisamente a necessidade de água pelas culturas quando cultivadas nesses ambientes. Assim sendo, objetivou-se avaliar o desempenho do Irrigâmetro para estimativa da evapotranspiração da cultura do feijão caupi em ambiente protegido. A pesquisa foi conduzida na área experimental da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), em ambiente protegido e a variedade do feijão caupi utilizada foi a BRS Guariba. Para este estudo instalaram-se dois Irrigâmetros para estimativa direta da evapotranspiração diária da cultura. Da mesma forma, com o uso de uma estação meteorológica automática, coletaram-se os dados meteorológicos e estimou-se a evapotranspiração da cultura (ETc), usando os valores de Kc recomendados para as diversas fases da cultura. Os dados obtidos no Irrigâmetro foram comparados com os dados obtidos pelo método de Penman-Monteith, fazendo-se o mesmo para o método da Radiação e Blaney Criddle, em intervalos de tempo um, dois e três dias. Os resultados mostram que todos os métodos foram eficientes e precisos na estimativa da ETc, em todos os intervalos de tempo estudados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-08-2019

Edição

Seção

Engenharia Agrícola