CURVA DE ACÚMULO DE MATÉRIA SECA E DE NUTRIENTES PELA CULTURA DO REPOLHO

Autores

  • Luiz Otávio Duarte Department of Crop Production, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Jaboticabal, SP http://orcid.org/0000-0003-0187-7456
  • Junia Maria Clemente Department of Agricultural Sciences, Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Manhuaçu, MG http://orcid.org/0000-0002-2198-9861
  • Ilídio Augusto Borges Caixeta Institute of Agrarian Sciences, Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, MG http://orcid.org/0000-0002-2611-495X
  • Marcelo de Paula Senoski Institute of Agrarian Sciences, Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, MG http://orcid.org/0000-0003-1740-1807
  • Leonardo Angelo de Aquino Institute of Agrarian Sciences, Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba, MG http://orcid.org/0000-0002-7764-730X

Palavras-chave:

Brassica oleracea var. capitata. Extração de nutrientes. Índice de colheita.

Resumo

As cultivares de repolho utilizadas atualmente têm alto potencial produtivo e podem apresentar diferenças na absorção e utilização de nutrientes. Dessa forma, pesquisas com a quantificação do crescimento das plantas e da acumulação de nutrientes são básicas para melhorar a eficiência de fertilização do solo e otimizar a produção. Objetivou-se, com este trabalho, determinar as curvas de acúmulo de matéria seca (MS) e de nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, Cu, Fe, Mn e Zn) por cultivares de repolho em duas épocas de cultivo. No verão-outono foram utilizadas as cultivares ‘Astrus Plus’ e ‘Green Valley’, e no outono-inverno, ‘Astrus Plus’ e ‘Fênix’. As plantas foram amostradas, após o transplante, em intervalos de 10 dias até a colheita. O acúmulo de matéria seca e de nutrientes é variável com a época de cultivo e com a cultivar. As maiores taxas de acúmulo de matéria seca e de nutrientes ocorrem nos 10 últimos dias do ciclo. As adubações com N, P, K, Fe e Zn devem receber maior atenção em razão de apresentarem os maiores índices de colheita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26-08-2019

Edição

Seção

Agronomia