DISPONIBILIDADE DE ÁGUA EM PLANOSSOLO SOB SISTEMA DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUARIA-FLORESTA NO AGRESTE DA PARAIBA

Autores

Palavras-chave:

Retenção. Água disponível. ILPF.

Resumo

Os sistemas integrados de produção agropecuária, envolvendo lavoura, pecuária e floresta (ILPF) são estratégias que promovem a qualidade do solo. Objetivou-se com esse trabalho avaliar a influência do sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta na disponibilidade de água em um Planossolo na mesorregião do Agreste da Paraíba. O experimento foi conduzido na estação experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (EMEPA), em Alagoinha (PB). O solo é um Planossolo Háplico, horizonte A moderado.Em junho de 2015, foram implantados os seguintes consórcios: I. Gliricídia (Gliricidia sepium (Jacq.) Steud.) + Brachiaria decumbens; II. Sabiá (Mimosa caesalpiniifolia) + Brachiaria decumbens; III. Ipê amarelo (Tabebuia alba (chamiso) sandwith) + Brachiaria decumbens; IV. Milho (Zea mays L.) + Brachiaria decumbens; V. Brachiaria decumbens. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados (DBC), com cinco tratamentos. As variáveis analisadas foram: capacidade de campo - θCC, ponto de murcha permanente - θPMP, água disponível - θAD, granulometria, grau de floculação (GF), porosidade (total - α, macro - Ma e micro - Mi), condutividade hidráulica saturada - Kθ, resistência a penetração - Rp, índice de estabilidade de agregados - IEA. De acordo com os resultados observa-se que a disponibilidade de água na integração lavoura-pecuária-floresta implantada no agreste paraibano não apresentou variação significativa após um período de três anos. A integração, após o período de três anos, ainda não promoveu melhoria física significativa dos atributos do Planossolo em estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21-05-2019

Edição

Seção

Engenharia Agrícola