TEMPERATURA, SUBSTRATO E CONDIÇÃO DE LUMINOSIDADE NA GERMINAÇÃO DE SEMENTES DA CHIA

Autores

  • Claudia Kely Pires de Mattos Sorana Department of Agronomy, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Chapadão do Sul, MS http://orcid.org/0000-0001-8191-4258
  • Carlos Henrique Queiroz Rego Department of Agronomy, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Chapadão do Sul, MS http://orcid.org/0000-0001-5483-9264
  • Fernanda Brito Cardoso Department of Agronomy, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Chapadão do Sul, MS http://orcid.org/0000-0002-0370-261X
  • Tiago Roque Benetoli da Silva Department of Agronomic Sciences, Universidade Estadual de Maringá, Umuarama, PR http://orcid.org/0000-0002-2015-2103
  • Ana Carina da Silva Cândido Department of Agronomy, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Chapadão do Sul, MS http://orcid.org/0000-0002-9230-4807
  • Charline Zaratin Alves Department of Agronomy, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Chapadão do Sul, MS http://orcid.org/0000-0001-6228-078X

Palavras-chave:

Lamiaceae. Salvia hispanica. Potencial germinativo. Fotoblastismo.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar a temperatura, o substrato e a luminosidade na germinação de sementes de chia, a fim de determinar procedimentos adequados para um teste de germinação. O experimento consistiu de um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 5 x 2 (quatro substratos x cinco temperaturas x duas condições de luminosidade), com quatro repetições. As seguintes variáveis foram analisadas: primeira contagem de germinação; germinação; índice de velocidade de germinação e tempo médio de germinação. A germinação apresentou as maiores porcentagem de germinação a 15, 20, 25 e 30 °C para os substratos em papel, rolo de papel e areia; no entanto, na presença de luminosidade, o substrato em papel, a 25 °C, diferiu de todos os demais, resultando na maior média. Para todos os substratos, a menor germinação foi obtida a 35 °C, comprovando que o uso de altas temperaturas reduz a germinação das sementes de chia. O índice de velocidade de germinação apresentou os maiores valores a 25 e 30 °C para substratos em papel, rolo de papel e areia, tanto na presença quanto na ausência de luminosidade. Sementes de chia são consideradas como fotoblasticas neutras. O teste de germinação deve ser realizado com o substrato em papel, a 25 °C, com duração de sete dias, sendo a primeira contagem realizada aos quatro dias após a instalação do teste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

20-05-2019

Edição

Seção

Agronomia