ESTIMATIVAS DE CARACTERÍSTICAS TERMORREGULADORAS DE OVINOS EM PERÍODO SECO E CHUVOSO CRIADOS NA REGIÃO DO VALE DO GURGUÉIA, SUL DO ESTADO DO PIAUÍ

  • Carlos Syllas Monteiro Luz Universidade Federal do Piauí
  • Cicero Pereira Barros Junior Universidade Federal do Piauí
  • Wéverton José Lima Fonseca Universidade Federal do Piauí
  • Renata Barbosa de Amorim Universidade Federal do Piauí
  • Luciana Alves da Silva Universidade Federal do Piauí
  • Lucas Almeida Lima Universidade Federal do Piauí
  • Severino Cavalcante de Sousa Júnior Universidade Federal do Piauí
  • Karina Rodrigues dos Santos Universidade Federal do Piauí

Resumo

Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar as características termorreguladoras de ovinos da raça Santa Inês e Morada Nova durante os turnos da manhã e tarde, nos períodos seco e chuvoso, e correlacionar estas características com algumas variáveis meteorológicas. Foram utilizados cinco ovinos da raça Santa Inês e cinco da raça Morada Nova com intuito de mensurar a temperatura retal (TR), frequência respiratória (FR) e a taxa de sudação (TS). Os animais foram medidos a cada dois dias, em dois turnos, às 9 h e às 15 h, durante o período seco (agosto á novembro) e chuvoso (janeiro á maio). Nos mesmos horários o ambiente foi monitorado quanto à temperatura e umidade do ar e Índice de Temperatura de Globo e Umidade (ITGU). Os resultados mostraram médias de variáveis ambientais superiores ao considerado adequado para a espécie. UA, TA e ITGU obtiveram diferença a (P<0,05) de significância para os períodos, no entanto a UA e ITGU não diferenciaram a (P<0,05) nos turnos da coleta. Não foi verificado efeito significativo (P<0,05) da FR e TS entre os turnos e períodos de coleta. Já a TR diferenciou a (P<0,05) em turnos e períodos, aonde no período seco atingiu (39,40aa) e no chuvoso foi de (38,91ab) respectivamente para os turnos da tarde. A UA (-0, 791) e Período (-0, 354) correlacionaram negativamente com a TA. Já TR (0, 165) correlacionou-se positivamente com a TA. A UA e o período tiveram a maior correlação positiva que foi de (0, 830).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Syllas Monteiro Luz, Universidade Federal do Piauí
Pós-Grandoando em Zootecnia na de pesquisa: Nutrição Animal. UFPI - Bom Jesus - PI.
Cicero Pereira Barros Junior, Universidade Federal do Piauí
Graduando em Zootecnia - UFPI
Wéverton José Lima Fonseca, Universidade Federal do Piauí
Graduando em Zootecnia - UFPI
Renata Barbosa de Amorim, Universidade Federal do Piauí
Zootecnista pela UFPI
Luciana Alves da Silva, Universidade Federal do Piauí
Zootecnista pela UFPI
Lucas Almeida Lima, Universidade Federal do Piauí
Zootecnista pela UFPI
Severino Cavalcante de Sousa Júnior, Universidade Federal do Piauí
Professor Dr. Adjunto II de Bioclimatologia, Comportamento e Bem-Estar Animal, UFPI - Bom Jesus, Piauí, Brasil.
Karina Rodrigues dos Santos, Universidade Federal do Piauí
Professora Dra. Adjunta II de Parasitologia Animal, UFPI - Bom Jesus, Piauí, Brasil.
Publicado
2014-04-08
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa