AVALIAÇÃO DO EXTRATO DE SEMENTE DE MAMÃO FORMOSA (CARICA PAPAYA, LINNAEUS) NO CONTROLE DE ENDOPARASITAS DE OVINOS NO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

  • Josivania Soares Pereira

Resumo

Visando promover aos produtores da região um método alternativo de controle parasitário, o presente trabalho avaliou a eficiência anti-helmíntica do extrato aquoso da semente de mamão Carica papaya, em contraste com o cloridrato de levamisol em 45 ovinos sem padrão de raça definida, do Rio Grande do Norte. Avaliou-se a redução na contagem de ovos por gramas de fezes e redução das larvas de terceiro estágio em três grupos (controle, cloridrato de levamisol e extrato) definidos. Diferenças estatísticas entre e dentro dos grupos foram conduzidas por análise de variância, seguida do teste de Tukey. Os Valores de P<0,05 foram considerados significativos. Quando cada grupo foi comparado ao seu respectivo dia zero, observou-se que o OPG do grupo extrato apresentou uma redução constante e semelhante ao grupo cloridrato de levamisol e a partir do terceiro dia foi superior a este último. Quanto ás larvas, foram identificados Haemonchus sp., Oesophagostomum sp. e Tricostrongylus sp. em todos os grupos. Embora o extrato tenha apresentado uma redução na contagem de ovos, o número de larvas, especificamente as do tipo Haemonchus sp. foi constante. O extrato da semente de mamão utilizado nos ovinos tratados foi eficaz no controle do OPG durante os dias experimentais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-05-05
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa