PAPEL DA NUTRIÇÃO SOBRE A REPRODUÇÃO OVINA

  • VII CONERA UFERSA

Resumo

A nutrição exerce grande influência na eficiência reprodutiva tanto de forma direta, no fornecimento de nutrientes para as funções fisiológicas, quanto indireta na síntese de hormônios e na quantidade de receptores nas células e suas interações metabólicas. O monitoramento do escore de condição corporal ainda é a ferramenta de diagnóstico nutricional mais utilizada. No entanto, os trabalhos feitos no Brasil têm demonstrado que a escala de escore ainda carece de avaliação com adaptação para ovinos deslanados criados no Brasil. Além desta influência dita estática, a nutrição exerce um efeito agudo ou imediato que também é explorado em condições de ambiente produtivo, com é o caso do flushing, que consiste em uma suplementação em níveis elevados, acima da exigência dos animais com o objetivo de estimular a taxa de ovulação, tamanho dos folículos ovarianos e a sobrevivência embrionária. O efeito do flushing já é bastante documentado, assim como suas limitações. Os avanços nesta linha são o flushing de nutrientes com reconhecido papel na reprodução como os ácidos graxos, que devem ser mais explorados pela pesquisa. Por fim, um dos campos mais estudados atualmente é o de programação fetal, ou seja, o impacto da nutrição durante a gestação sobre os aspectos produtivos e reprodutivos da nova geração. O conhecimento nesta área tem demonstrado cada vez mais que o sucesso na produção animal começa muito antes do nascimento e que mesmo o desenvolvimento embrionário pode impactar em toda a vida produtiva do animal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-06-02

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor (es)

1 2 3 > >>