MORFOMETRIA CORPORAL E DE CARCAÇA DE OVINOS ALIMENTADOS COM TORTA DE GIRASSOL

  • Dinnara Layza Souza da Silva
  • Alexandre Paula Braga
  • Frederico Silva The Pontes
  • Dorgival Morais de Lima Júnior Universidade Federal de Alagoas
  • Wirton Peixoto Costa
  • Vanessa Vieira Chaves
  • Antônia Vilma Ferreira Amâncio
  • Zilah Cláudia Alves da Costa Braga

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito da inclusão de níveis crescentes de torta de girassol (0, 15, 30, 45% da matéria seca) sobre as medidas corporais, medidas de carcaça e viabilidade econômica das dietas experimentais de ovinos confinados. Foram utilizados 20 cordeiros deslanados, não castrados, com peso médio inicial de 17±1,4 kg alimentados a vontade. As medias in vivo foram efetuadas imediatamente antes do abate e as medidas de carcaça na carcaça fria. As medidas corporais não foram (P>0,05) influenciadas pela inclusão da torta de girassol e os animais apresentaram média de 64,8 cm para altura de cernelha e 91,65 cm de perímetro torácico. O comprimento externo da carcaça apresentou comportamento linear negativo (P<0,05) com a inclusão do subproduto da oleaginosa. O perímetro torácico correlacionou-se positivamente (P<0,05) com peso de carcaça fria (r = 0,78). A dieta com nível de 15% de torta de girassol mostrou menor custo, com 3,33 R$/kg de carcaça. Recomenda-se a inclusão de 15% de torta de girassol na dieta de ovinos confinados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-01-01
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor (es)

1 2 > >>