OCORRÊNCIA DE PARASITAS DE IMPORTÂNCIA ZOONÓTICA: Ancylostoma spp. e Toxocara spp., EM CÃES DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM, PARÁ

  • Victor Hugo Flores Bernardes Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Washington Luiz Assunção Pereira Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Raimundo Nonato Moraes Benigno Universidade Federal Rural da amazônia
  • Laíz Galvão e Silva de Moura Universidade Federal Rural da amazônia
  • Darlene Kássia Saraiva Queiroz Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Lucien Roberta Valente Miranda de Aguirra Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Sebastião Tavares Rolin Filho

Resumo

Com a crescente aquisição de cães pela população e o grande número de cães errantes em locais públicos, objetivou-se realizar o diagnóstico de helmintos intestinais zoonóticos causadores de larva migrans cutânea por Ancylostoma spp. e visceral por Toxocara spp. em animais da região Metropolitana de Belém, PA, Brasil. Para tanto, foram coletadas 150 amostras de fezes de cães (101 domiciliados e 49 errantes), que foram analisadas utilizando a técnica de Hoffman. Do total de amostras analisadas, 21% foram positivas para ovos de helmintos. Dos cães afetados 0,6% eram domiciliados e 51% errantes. O Ancylostoma spp. foi o helminto mais frequente, ocorrendo em animais de ambas as faixas etárias e sexos de estudo. Os animais errantes encontraram-se mais parasitados que os domiciliados, onde o parasita mais observado foi o Ancylostoma spp. Palavras-chave: Canino, Zoonose, Helmintos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Hugo Flores Bernardes, Universidade Federal Rural da Amazônia
Residente de medicina veterinária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, PA, Brasil.
Washington Luiz Assunção Pereira, Universidade Federal Rural da Amazônia
Laboratório de Patologia Animal, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, Brasil
Raimundo Nonato Moraes Benigno, Universidade Federal Rural da amazônia
Laboratório de Parasitologia, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, Brasil.
Laíz Galvão e Silva de Moura, Universidade Federal Rural da amazônia
Residente de medicina veterinária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, PA, Brasil.
Darlene Kássia Saraiva Queiroz, Universidade Federal Rural da Amazônia
Doutoranda em Saúde e Produção Animal, Universidade Federal Rural da amazônia
Lucien Roberta Valente Miranda de Aguirra, Universidade Federal Rural da Amazônia
Doutoranda em Saúde e Produção Animal, Universidade Federal Rural da amazônia, Avenida Tancredo Neves, nº 2501, bairro Terra firme, Cep: 66.077-830, Belém, Pará, Brasil.
Sebastião Tavares Rolin Filho
Docente do curso de medicina veterinária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, PA, Brasil.
Publicado
2015-10-01
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa