Uso do glicosímetro portátil para a mensuração da glicemia em potros neonatos da raça Mangalarga Marchador

  • Ingrid Bromerschenkel Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho
  • Lenir Cardoso Porfírio Universidade Federal do Espírito Santo
  • Carla Braga Martins Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

O presente estudo objetivou avaliar a utilização do glicosímetro portátil para a mensuração da glicemia em potros neonatos considerando como controle os resultados mensurados por meio de teste laboratorial (TL); determinar se os valores de glicemia obtidos pelo glicosímetro portátil (GP) estão de acordo com a Food and Drug Administration. Utilizou-se potros neonatos de ambos os sexos, hígidos, com até 30 dias de idade. Foram colhidas amostras sanguíneas para a mensuração no GP e TL, nos momentos: A: 0 à 12 horas; B: 24 à 36 horas; C: 72 horas; D: 7 dias; E: 15 dias e F: 30 dias de vida. As variações dos níveis glicêmicos obtidas no TL foram comparadas pela análise de variância ANOVA a nível de 5% de significância. Para comparação dos resultados do GP e TL entre os momentos A, B, C, D e F utilizou-se o teste t a nível de 5% de significância, e para o momento E, o teste de Mann-Whitney a nível de 5% de significância. A variação percentual entre os resultados com TL e GP foi obtida pela diferença entre a média obtida pelo TL e a média obtida pelo GP. Não houve diferença dos níveis glicêmicos obtidos pelo TL entre os momentos. A média glicêmica para o período neonatal foi 152,11 mg/dL. Não houve diferença entre os resultados obtidos por meio do GP e TL. As mensurações obtidas com o GP variaram entre 99 e 183 mg/dL e as taxas de erro entre 2,68 a 11,55%. Não houve alterações significativas nas concentrações glicêmicas durante o período neonatal. O GP demonstrou precisão similar ao TL na determinação dos níveis glicêmicos. A taxa de erro do GP permaneceu dentro do limite exigido pela FDA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ingrid Bromerschenkel, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho
Doutoranda do Programa de Pós Graduação de Medicina Veterinária da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" FCAV.
Lenir Cardoso Porfírio, Universidade Federal do Espírito Santo
Docente do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Espirito Santo - UFES
Carla Braga Martins, Universidade Federal do Espírito Santo
Docente do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Espirito Santo - UFES
Publicado
2016-01-01
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa