Index proposal for Nelore bulls classification using traits groups of weight, carcass and reproductive

  • José Lauro Costa Júnior UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
  • Carlos Henrique Mendes Malhado UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
  • Amauri Arias Wenceslau Universidade Estadual de Santa Cru
  • Marcos Paulo Gonçalves Rezende UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
  • Paulo Luiz Souza Carneiro UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA

Resumo

Genetic breeding programs generally evaluate animals considering the same objectives, but the indices used in the selection criteria can vary. This can give rise to distinct bull rankings in each program. Thus, we aimed to create alternatives for the referral of bulls for mating through multivariate analyses. We used information from the summaries of two genetic evaluation programs (1 and 2) with Nellore bulls. Characteristics were separated into groups: weight, carcass and reproduction. Groups were formed using the mean Euclidean distance and the Tocher optimization method. The means of each trait among the animals allocated to the same group were used to compose the following subindexes: weight gain (siWG), carcass (siCG) and reproduction (siRG). Based on the mean of the group subindex classification, we calculated the average index of group classification (iAGc). When classifying the best groups by characteristics, we observed an increase (superiority of some bulls) in the estimated breeding values (EBVs) by comparison with the total number of bulls evaluated by the programs, selected animals and best 10 final indexes of the programs. There was a change in bull classification when using the iAGc in relation to the classification using the final indexes of the programs. The coefficient of simple coincidence showed that there was a change in bull classification between programs, both between deciles of the final indexes and groups of characteristics. The subindexes siWG, siCG and siRG are important for correcting specific problems in herds. The iAGc should be used instead of the final index of the programs, providing more options for the selection of bulls for mating.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Lauro Costa Júnior, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal da Bahia (1988). Com pós-graduação latu sensu em genética e reprodução de ruminantes Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Ginecologia e Andrologia Animal. Atualmente é aluno do Programa de Pós-Graduação em Genética, Biodiversidade e Conservação (PPGGBC) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).
Carlos Henrique Mendes Malhado, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
possui graduação em Medicina Veterinaria pela Universidade Federal do Paraná (2001), mestrado em Zootecnia (2003) pela Universidade Federal do Ceará e doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Botucatu (2005), pós doutorado pela Universidade de Maryland (2012). Atualmente é Professor Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e bolsista de produtividade do CNPq 1D. Tem experiência na área de análise de dados e Melhoramento Genético Animal. Orientador de mestrado no programa de Genética, Biodiversidade e Conservação da UESB, campus de Jequié e de mestrado/doutorado no programa em Zootecnia da UESB, campus Itapetinga.
Amauri Arias Wenceslau, Universidade Estadual de Santa Cru
Graduação em Zootecnia pela Universidade de São Paulo (1991), graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2009), mestrado em Zootecnia (1997) e doutorado em Genética e Melhoramento (2002) pela Universidade Federal de Viçosa. Atualmente é Professor Pleno de Genética e Melhoramento da Universidade Estadual de Santa Cruz, tem experiência na área de Zootecnia e Medicina Veterinária, com ênfase em Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos, atuando principalmente nos seguintes temas: genética molecular, estudo genético de animais domésticos e de microrganismos patogênicos em animais.
Marcos Paulo Gonçalves Rezende, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2012) (UFMS). Graduando em Zootecnia na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Mestre em Zootecnia Produção Animal no Cerrado/Pantanal pela Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (2014) (UEMS). Doutorando em Zootecnia na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Experiência na área de Zootecnia e Biologia geral, em linha de pesquisa com ênfase produção de equídeos, bovinos e ovinos; com frentes em avaliação econômica da implantação de tecnologias e gestão no meio rural; estudos de Índices Zootécnicos, conformação corporal, morfofuncionalidade, melhoramento e conservação genética, nos temas: equídeos de tropas, equídeos de esporte equestre, bovino de corte, bovino naturalizado, ovinos de dupla aptidão.
Paulo Luiz Souza Carneiro, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Viçosa (1995), mestrado em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal de Viçosa (1998), doutorado em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal de Viçosa (2002) e pós-doutorado em Análise de Dados Moleculares. Atualmente é professor Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e bolsista do CNPQ (1 C). Foi coordenador do Programa de Pós-Graduação em Genética, Biodiversidade e Conservação e tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação genética, estrutura genética de populações, conservação de recursos genéticos (ovinos, caprinos e aves) e análise de dados moleculares. Orientador de mestrado no programa de Genética, Biodiversidade e Conservação da UESB, campus de Jequié e de mestrado/doutorado no programa em Zootecnia da UESB, campus Itapetinga.
Publicado
2017-04-18
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa