COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA ÁGUA RESIDUÁRIA DA SUINOCULTURA, DO SOLO E TIFTON 85 APÓS 8 ANOS DE APLICAÇÃO

Palavras-chave: Afluente. Biodigestor. Biofertilizante suíno. Cynodon spp. Esterco.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição química da água residuária da suinocultura (ARS) e efeito nos atributos químicos do solo e planta em um experimento de longa duração. A área destina-se a 8 anos a produção de feno de capim Tifton 85 (Cynodon spp.), com aplicação média anual de 360 m3 ha-1 dividida em 6 aplicações. Também se avaliou a composição química do solo em duas profundidades 0,0-0,20 e 0,20-0,40 m de profundidade e a composição química da planta e material vegetal sobre o solo, avaliada em duas épocas do ano (novembro e junho). As concentrações de nitrogênio, cálcio e cobre da ARS não reduziram do afluente até a lagoa de armazenamento. Ressalta-se que os teores de Cu, Zn e Mn foram classificados como em excesso no solo, que pode ser consequência dos elevados níveis destes nutrientes na ração dos suínos na granja fornecedora da ARS, principalmente na ração de leitões aliado a baixa extração destes nutrientes pelas plantas. Com relação aos micronutrientes e o fósforo (46,08 mg dm-3) no solo estes deverão ser avaliados em profundidades maiores, superiores ao presente estudo em função das concentrações não variarem muito entre profundidades e se mostrarem elevadas. As concentrações de cobre e zinco foram elevadas na parte aérea das plantas com médias de 133,0 e 139,30 mg kg-1, respectivamente. O uso contínuo de ARS deverá ter monitoramento contínuo através de análises de solo e do dejeto e alternativas devem ser buscadas no sentido de reduzir a concentração de micronutrientes e fósforo na ARS.

Referências

ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS - AOAC. Official methods of analysis. 1990, 15 ed. AOAC, Washington.

BALOTA, E. L. et al. Soil microbial properties after long-term swine slurry application to conventional and no-tillage systems in Brazil. Science of The Total Environment, v. 490, s/n, p. 397-404, 2014.

BARROS, F. M. et al. Características químicas do solo influenciado pela adição de água residuária da suinocultura. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 9, epub., p. 47-51, 2005.

BATISTA, R. O. et al. O efeito da água residuária da suinocultura no desenvolvimento e qualidade de mudas de Eucalyptusurophylla. Ciência Florestal, v. 24, n. 1, p. 127-35, 2014.

CABRAL, J. R. et al. Impacto da água residuária de suinocultura no solo e na produção de capim-elefante. Revista Brasileira de engenharia agrícola e Ambiental, v. 15, n. 8, p. 823-831, 2011.

CAMARGO, S. C. et al. Efeito da aplicação de dejetos de suínos na concentração de minerais na parte aérea de capim-tifton 85. Scientia Agraria Paranaensis, v. 10, n. 2, p. 51-62, 2011.

CERETTA, C. A. et al. Características químicas de solo sob aplicação de esterco líquido de suínos em pastagem natural. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 38, n. 6, p. 729-35, 2003.

COMISSÃO DE QUÍMICA E FERTILIDADE DO SOLO – RS/SC – CQFS – RS/SC. Manual de Adubação e de Calagem para os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 10. ed. Porto Alegre, RS: SBCS-Comissão de Química e Fertilidade do Solo, 2004. 394 p.

CUNHA, J. L. Impacto ambiental em sistema de pastagem sob aplicações de esterco líquido de suínos. 2009. 91 p. Tese (Doutorado). Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: EMBRAPA SOLOS, 2013. 353 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. 2. ed. Brasília, DF: Informação Tecnológica, 2009, 628 p.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

GONÇALVES, R. A. B. et al. Diagnóstico da aplicação de águas residuárias da suinocultura na cafeicultura irrigada I. qualidade da água residuária. Irriga, v. 11, n. 2, p. 219-29, 2006.

GUARDINI, R. et al. Phosphorus accumulation and pollution potential in a Hapludult fertilized with pig manure. Revista Brasileira Ciência do Solo, v. 36, n. 4, p. 1333-42, 2012.

HERNÁNDEZ, D.; POLO, A.; PLAZA, C. Long-term effects of pig slurry on barley yield and N use efficiency under semiarid Mediterranean conditions. European Journal of Agronomy, v. 44, s/n, p. 78–86, 2013.

MAUCHLY, J. W. ‘‘Significance Test for Sphericity of a Normal n-Variate Distribution’’. The Annals of Mathematical Statistics, v. 11, n. 2, p. 204-20, 1940.

NERES, M. A.; AMES, J. P. Novos Aspectos Relacionados à Produção de Feno no Brasil. Scientia Agraria Paranaensis, v. 14, n. 1, p. 10-17, 2015.

KORNEGAY, E. T.; HARPER, A. F. Environmental nutrition: Nutrient management strategies to reduce nutrient excretion of swine. The Professional Animal Scientist, v. 13, n. 3, p. 99-111, 1997.

PAULETTI, V.; MOTTA, A. C. V. Fontes Alternativas de nutrientes para adubação de pastagens. In: PEDREIRA, C. G. S.; MOURA, J. C.; FARIA, V. P (Eds.). Fertilidade do solo para pastagens produtivas. Piracicaba, SP: Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz. 2004. p. 303-316.

PAVAN, M. A. et al. Manual de análise química de solo e controle de qualidade. Instituto Agronômico do Paraná, Londrina, PR: (Circular, 76), 1992. 38 p.

PRIMAVESI, O.; PRIMAVESI, A. C.; CORRÊA, L. A. Eficiência agronômica de ureia aplicada superficialmente em pastagens de capim Coastcroos. In: ANAIS DA REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 2001, Piracicaba, Anais... Piracicaba: USP, 2001, p. 213-214.

RAIJ, B. V. et al. Recomendação de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. 2. ed. Piracicaba, SP: IAC, 1996. 285 p.

ZENATTI, R. Produtividade e fitodisponibilidade de nutrientes e metais pesados tóxicos (Cd, Cr e Pb) na tifton 85 fertilizada com dejetos provenientes da suinocultura. 2011. 90 f. Dissertação (Mestrado). Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, PR. 2011.

ROSSET, J. S. et al. Frações químicas e oxidáveis da matéria orgânica do solo sob diferentes sistemas de manejo, em Latossolo Vermelho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 51, n. 9, p. 1529–1538, 2016.

ROSSET, J. S. et al. Carbon stock, chemical and physical properties of soils under management systems with different deployment times in western region of Paraná, Brazil. Semina: Ciências Agrárias, v. 35, n. 6, p. 3053-3072, 2014.

SARTO, M. V. M.; STEINER, F.; LANA, M. do C. Assessment of micronutrient extractants from soils of Paraná, Brazil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, n. 6, p. 2093-2103, 2011.

SARTO, J. R. W. et al. Microbiota in swine wastewater treatment plant and area of Tifton 85 grass production. Semina: Ciências Agrárias, v. 39, n. 2, p. 797-808, 2018.

SCHERER, E. E. Aproveitamento do esterco de suínos como fertilizante. In: CURSO DE CAPACITAÇÃO EM PRÁTICAS AMBIENTAIS SUSTENTÁVEIS. EMBRAPA- Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Concórdia, SC 2002, p. 91-101.

SEGANFREDO, M. A. Gestão ambiental na suinocultura. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Brasília-DF, 1. ed. 2007. 302 p.

SOIL SURVEY STAFF. Keys to Soil Taxonomy, 10th ed. USDA-Natural Resources Conservation Service, Washington, DC, 11. ed. 2010.

STEINMETZ, R. L. R. Aplicação de polieletrólitos para a separação de metais em efluentes da suinocultura. 2007. 55 f. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. 2007.

TOPP, E. et al. Livestock waste treatment systems for reducing environmental exposure to hazardous enteric pathogens: some considerations. Bioresource Technology, v. 100, n. 22, p. 5395-5398, 2009.

VIVAN, M. et al. Eficiência da interação biodigestor e lagoas de estabilização na remoção de poluentes em dejetos de suínos. Revista Brasileira Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 3, p. 320-25, 2010.

XAVIER, L. H. Modelos univariado e multivariado para análise de medidas repetidas e verificação da acurácia do modelo univariado por meio de simulação. 2000. 91 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - ESALQ, Piracicaba, SP, 2000.

WELZ, B. Atomic absorption spectrometry. 2. ed. Weinheim, Wiley, 1985. 907 p.

WERNER, J. C.; PAULINO, V. T.; CANTARELLA, H. Forrageiras. In: RAIJ, B. et al. (Eds.). Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. Instituto Agronômico de Campinas, Campinas, SP. 1996.

Publicado
01-04-2019
Seção
Zootecnia