ANÁLISE DIALÉLICA DE LINHAGENS DE SORGO GRANÍFERO EM CULTIVO NA SEGUNDA SAFRA

Palavras-chave: Sorghum bicolor. Cruzamentos dialélicos. Seleção de genitores. Melhoramento de plantas.

Resumo

Com a expansão do plantio de sorgo como cultura de sucessão na segunda safra, os programas de melhoramento precisam ampliar a criação de novas linhagens, visando à produção de híbridos de alto desempenho. O primeiro passo para o processo de seleção consiste na avaliação do desempenho per se das linhagens ou de suas combinações híbridas. O presente trabalho objetivou estimar a capacidade combinatória de linhagens de sorgo granífero em diferentes condições ambientais em plantios na segunda safra. Os ensaios foram conduzidos em sistema de plantio direto, em quatro ambientes: Rio Verde, Sete Lagoas, Teresina e Sinop. Foram avaliados trinta híbridos resultantes dos cruzamentos de seis linhagens restauradoras da fertilidade (R) com cinco linhagens macho-estéreis (A). Foi empregado o delineamento experimental em blocos casualizados, com três repetições. As características avaliadas foram dias para o florescimento, altura das plantas e produtividade de grãos. O ambiente influenciou significativamente nas estimativas de capacidade geral e específica de combinação, e estas sugerem haver importância dos efeitos aditivos e dominantes no controle desses caracteres. As linhagens restauradoras GI.1 e G1.2 contribuíram para aumentar a produtividade de seus híbridos em mais 650 kg.ha-1. Entre as linhagens macho estéreis as melhores para rendimento de grãos foram GII.1 e GII.4 com contribuição acima de 450 kg.ha-1 nos híbridos em que participaram. As combinações híbridas GI.5xGII.3 e GI.1xGII.2 se destacaram por apresentarem potencial de obterem médias altas de produtividade de grãos, associando aspectos favoráveis de dias para o florescimento e altura das plantas.

 

Referências

ALMEIDA FILHO, J. E. et al. Desempenho agronômico e estabilidade fenotípica de híbridos de sorgo granífero. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, 9: 51-64, 2010.

BANZATTO, D. A.; KRONKA, S. N. Experimentação Agrícola. 4. ed. Jaboticabal, SP: FUNEP, 2006. 237 p.

BATISTA, P. S. C. et al. Selection of sorghum for drought tolerance in a semiarid environment. Genetics and Molecular Research, 18: 01-11, 2019.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB. Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos: 11º levantamento, safra 2018/19. v. 6, n. 11. Brasília, DF: Conab, 2019.

CRUZ, C. D.; CARNEIRO, P. C. S.; REGAZZI, A. J. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético. 3. ed. rev. e ampl. Viçosa, MG: UFV, 2014. 668 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: EMBRAPA, 2013. 353 p.

GRIFFING, B. Concept of general and specific combining ability in relation to diallel crossing systems. Australian Journal of Biological Sciences, 9: 463-493, 1956.

KENGA, R.; ALABI, S. O.; GUPTA, S. C. Combining ability studies in tropical sorghum (Sorghum bicolor (L.) Moench). Field Crops Research, 88: 251-260. 2004.

KUMAR, A. A. et al. Recent advances in sorghum genetic enhancement research at ICRISAT. American Journal of Plant Sciences, 2: 589-600, 2011.

MAHDY, E. E; ALI, M. A; MAHMOUD, A. M. The effect of environment on combining ability and heterosis in grain sorghum (Sorghum bicolor L. Moench). Asian Journal of Crop Science, 3: 1-15, 2011.

MAKANDA, I. et al. Combining ability and cultivar superiority of sorghum germplasm for grain yield across tropical low- and mid-altitude environments. Field Crops Research, 116: 75-85, 2010.

MENEZES, C. B. et al. Combining ability of grain sorghum lines selected for aluminum tolerance. Crop Breeding and Applied Biotechnology, 14: 42-48, 2014.

MENEZES, C. B et al. Capacidade combinatória de linhagens e seleção de híbridos de sorgo granífero. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, 16: 509-523, 2017.

PRAKASH, R. et al. Combining ability for fodder yield and its components in Sorghum (Sorghum bicolor L). Electronic Journal of Plant Breeding, 1: 124-128, 2010.

ROONEY, W. L. Sorghum improvement - integrating traditional and new technology to produce improved genotypes. Advances in Agronomy, 83: 37-109, 2004.

ROONEY, W. Sorghum breeding. In: ACQUAAH, G. (Ed.). Principles of plant genetics and breeding. 2. ed. Chichester: Wiley-Blackwell, 2012. cap. 34, p. 617-627.

SANTOS, F. G.; CASELA, C. R.; WAQUIL, J. M. Melhoramento de sorgo. In: BORÉM, A. (Ed.). Melhoramento de espécies cultivadas. 2. ed. Viçosa, MG: UFV, 2005. v. 1, p. 429-466.

TADESSE, T.; TESSO, T.; EJETA, G. Combining ability of introduced sorghum parental lines for major morpho-agronomic traits. SAT eJournal, 6: 1-7, 2008.

TARDIN, F. D. et al. Avaliação agronômica de híbridos de sorgo granífero cultivados sob irrigação e estresse hídrico. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, 12: 102-117, 2013.

VENCOVSKY, R.; BARRIGA, P. Genética biométrica no fitomelhoramento. 1. ed. Ribeirão Preto, SP: SBG, 1992. 496 p.

ZANATTO, I. B. et al. Identificação de caracteres relacionados à precocidade e produtividade em híbridos de sorgo via correlações canônicas. Revista Científica Intelletto, 1: 89-94, 2016.

Publicado
2020-10-21
Seção
Agronomia