PRODUÇÃO E QUALIDADE DE MINIMELANCIA SOB IRRIGAÇÃO POR PULSOS COM ÁGUA SALOBRA

Palavras-chave: Citrullus lanatus. Manejo da irrigação. Salinidade. Índice de maturação.

Resumo

A melancia tem um papel importante no agronegócio brasileiro. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito de diferentes manejos de irrigação e níveis de salinidade da água de irrigação, nas principais características produtivas e de pós-colheita de minimelancia (Citrullus lanatus) cv. ‘Sugar Baby’. O experimento foi conduzido em casa de vegetação em delineamento experimental inteiramente casualizado, arranjado em esquema fatorial 2 x 4, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de dois tipos de manejo de irrigação (gotejamento convencional e por pulsos) e quatro níveis salinos da solução nutritiva de fertigação (2,5; 4,5; 5,5; 6,5 dS m-1). O tratamento controle correspondeu à condutividade elétrica da solução nutritiva preparada com água de abastecimento local. A lâmina de irrigação foi calculada a partir do produto da evapotranspiração de referência e o coeficiente de cultivo. Os números de pulsos foram definidos e fracionados em função da demanda atmosférica. A salinidade da solução de fertigação afeta algumas variáveis de produção, mas não reduz a qualidade dos frutos de minimelancia cv. ‘Sugar Baby’. O manejo de irrigação por pulsos mostra melhores resultados em baixa salinidade, enquanto o manejo por gotejamento convencional é mais adequado para alta salinidade (6,5 dS m-1).

Referências

ALI, M. et al. Characterization of watermelon (Citrullus lanatus) genotypes under high salinity regime. American Journal of Plant Sciences, 6: 3260-3266, 2015.

ALLEN, R. G. et al. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop requirements. Rome: FAO, 1998. 301 p.

ALMEIDA, W. F. D.; LIMA, L. A.; PEREIRA, G. M. Drip pulses and soil mulching effect on American Cripshead lettuce yield. Engenharia Agrícola, 35: 1009-1018, 2015.

ALMEIDA, W. F. et al. Yield of green beans subjected to continuous and pulse drip irrigation with saline water. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 22: 476-481, 2018.

ALVARES, C. A. et al. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, 22: 711-728, 2013.

BARROS, M. M. et al. Produção e qualidade da melancia submetida a adubação nitrogenada. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola Ambiental, 16: 1078-1084, 2012.

CABRAL, J. H. A. et al. Estatística multivariada na qualidade da água residuária utilizadas na irrigação na região semiárida brasileira. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, 10: 121-133, 2019.

CECÍLIO FILHO, A. B.; GRANGEIRO, L. C. Qualidade de frutos de melancia sem sementes em função de fontes e doses de potássio. Ciência e Agrotecnologia, 28: 570-576, 2004.

CHITARRA, M. I. F.; CHITARRA, A. B. Pós-colheita de frutos e hortaliças. 1. ed. Lavras, MG: Escola Superior de Agricultura de Lavras, 1990. 320 p.

COMPANHIA DE ENTREPOSTOS E ARMAZÉNS GERAIS DE SÃO PAULO- CEAGESP. Normas de classificação. São Paulo, SP: CEAGESP, 2003. 6 p.

COSTA, A. R. F. C. et al. Produção e qualidade de melancia cultivada com água de diferentes salinidades e doses de nitrogênio. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 17: 947-954, 2013.

CRUESS, W. V. Produtos industriais de frutas e hortaliças. 2. ed. São Paulo, SP: Edgard Blucher, 1973. 446 p.

DIAS, N. S. et al. Calidad post cosecha de frutos de melón producidos sobre diferentes noveles de salinidade del suelo y manejos de la fertirrigación invernadeiro. Ingeniería de la Água, 12: 117-123, 2005.

ELNESR, M. N. et al. Evaluating the effect of three water management techniques on tomato crop. Plos One, 10: 1-17, 2015.

FERRARI, G. N. et al. A cultura da melancia. Piracicaba, SP: USP, 2013. 35 p.

FERREIRA, D. F. SISVAR: a computer analysis system to fixed effects split plot type designs. Revista Brasileira de Biometria, 37: 529-535, 2019.

GARCIA, L. F. Influência do espaçamento e da adubação nitrogenada sobre a produtividade da melancia no baixo Paraíba Piauiense. 1. ed. Teresina, PI: Embrapa Meio Norte, 1998, 5 p. (Comunicado Técnico, 79).

GURGEL, M. T. et al. Qualidade de pós-colheita de variedades de melões produzidos sob estresse salino e doses de potássio. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 5: 398-405, 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Produção agrícola municipal ano de 2017. Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/tabela/5457> Acesso em: 20 maio. 2019.

LIMA NETO, I. S. et al. Qualidade de frutos de diferentes variedades de melancia provenientes de Mossoró-RN. Revista Caatinga, 23: 14-20, 2010.

LOPES, I. et al. Balanço hídrico em função de regimes pluviométricos na região de Petrolina-PE. Irriga, 22: 443-457, 2017.

MADANE, D. A. et al. Study of white onion (Allium cepa L.) on yield and economics under pulse irrigation (drip) for different irrigation levels. International Journal Agriculture Engineering, 11: 128-134, 2018.

MITCHELL, J. P. et al. Tomato fruit yields and quality under water deficit and salinity. Journal of the American Society for Horticultural Science, 116: 215-221, 1991.

MORILLO, J. G. et al. Toward precision irrigation for intensive strawberry cultivation. Agricultural Water Management, 151: 43-51, 2015.

OLIVEIRA, F. A. et al. Tolerância do maxixeiro, cultivado em vasos, à salinidade da água de irrigação. Revista Ceres, 61: 147-154, 2014.

OLIVEIRA, J. B. et al. Rendimento e qualidade de frutos de melancia em diferentes épocas de plantio. Revista Caatinga, 28: 19-25, 2015.

RHOADES, J. D; KANDIAH, A.; MASHALI, A. M. Uso de águas salinas para produção agrícola. 1. ed. Campina Grande, PB: UFPB, 1992. 117 p.

SASAKI, J. L. S. Hidroponia. In: Semana da Agronomia, 11, Ilha Solteira, SP: UNESP, 1992. 9 p.

SILVA, R. R. et al. Evapotranspiração e coeficiente de cultura para melancia. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, 9: 392-399, 2015.

SKAGGS, T. H.; TROUT, T. J.; ROTHFUSS, Y. Drip irrigation water distribution pattern: Effects of emitter rate, pulsing and antecedent water. Soil Science Society of America Journal, 74: 1886-1896, 2010.

SOUSA, A. B. O. et al. Production and quality of mini watermelon cv. ‘Smile’ irrigated with saline water. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 20: 897-902, 2016.

SOUSA, V. F.; NUNES, G. M. V. C; ZONTA, J. B. Importância socioeconômica da melancia. In: SOUSA, V. F. et al. (Eds.). Tecnologias para a produção de melancia irrigada na Baixada Maranhense. São Luís, MA: Embrapa Cocais, 2019. Série Documentos, 5, p. 15-21.

SUAREZ-HERNANDEZ, A. M. et al. Production and quality of grafted watermelon in saline soil. Horticultura Brasileira, 37: 215-220, 2019.

ZAMORA, V. R. O. et al. Gotejamento por pulsos e lâminas de fertirrigação nas relações hídricas do coentro. Horticultura Brasileira, 37: 22-28, 2019.

ZENEBON, O.; PASCUET, N. S.; TIGLEA, P. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 1. ed. Campinas, SP: Instituto Adolfo Lutz, 2008. 1020 p.

Publicado
2020-07-31
Seção
Engenharia Agrícola