ANTECIPAÇÃO DO NITROGÊNIO PARA O MILHO EM FUNÇÃO DO USO DE BRAQUIÁRIA COMO PLANTA DE COBERTURA

Palavras-chave: Zea mays L.. Disponibilidade de N. Adubação nitrogenada. Brachiaria ruziziensis.

Resumo

A antecipação da aplicação de nitrogênio em sistemas de cultivo, usando plantas de cobertura, apresenta-se como alternativa para melhorar a eficiência do uso desse nutriente e otimizar a questão operacional. Objetivou-se com este trabalho, avaliar a eficiência da antecipação da adubação nitrogenada para a cultura do milho, tendo a braquiária como cultura de cobertura. O experimento foi conduzido na área experimental da Universidade Federal de Jataí, em Jataí – GO, com histórico de plantio em sucessão soja-milho/sorgo nos últimos 20 anos, e destaque para o teor de matéria orgânica do solo que é de 39,5 g kg-1. Utilizou-se delineamento de blocos ao acaso, com fatorial 5x2+1, com 4 repetições, sendo cinco doses de N: 0; 50; 100; 150 e 200 kg ha-1 e duas épocas de aplicação na cultura da braquiária, sendo a época 1: aplicação do nitrogênio 90 dias pré-semeadura do milho e época 2: aplicação do nitrogênio 60 dias pré-semeadura do milho e um tratamento adicional com adubação nitrogenada convencional de 150 kg ha-1 de nitrogênio, aplicada na cultura do milho, dividida em adubação de plantio e cobertura. Com exceção a dose de 200 kg ha-1 de N aplicada 90 dias antes da semeadura do milho, a antecipação da adubação nitrogenada para esta cultura, utilizando a braquiária como planta de cobertura, se mostrou tão eficiente quando a adubação convencional nas condições de solo e clima em que foi realizado o trabalho, ou seja, solo com alto teor de matéria orgânica, fertilidade construída e ausência de restrição hídrica.

Referências

ANDRADE, A. C. et al. Adubação nitrogenada e potássica em capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum. cv. Napier). Ciência e Agrotecnologia, 27: 1643-1651, 2003.

ARAÚJO, C. et al. Critérios para a determinação da dose de nitrogênio a ser aplicada no tomateiro em ambiente protegido. Horticultura Brasileira, 25: 327-333, 2007.

ARGENTA, G. et al. Adubação nitrogenada em milho pelo monitoramento do nível de nitrogênio na planta por meio de clorofilômetro. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 27: 109-119, 2003.

AMADO, T. J. C. et al. Potencial de culturas de cobertura em acumular carbono e nitrogênio no solo no plantio direto e a melhoria da qualidade ambiental. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 25: 189-197, 2001.

CAMPBELL, W. H. Nitrate reductase structure function and regulation on bridging to gap between biochemistry and physiology.Anual Revew Plant Physiology Plant Molecular Biology, 50: 277-303. 1999.

CANTARELLA, H. Nitrogênio. In: NOVAIS, R. F. et al. (Eds.). Fertilidade do solo. Viçosa, MG: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2007. v. 1, cap. 7, p. 375-470.

CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de grãos. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2020.

CORRÊA, J. C. et al. Efeito do intervalo de dessecação antecedendo a semeadura do milho e do uso de diferentes espécies de plantas de cobertura. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 32: 739-746, 2008.

CRUSCIOL, C. A. C.; SORATTO, R. P. Sistema de produção e eficiência agronômica de fertilizantes. In: PROCHNOW, L. I.; CASARIN, V.; STIPP, S. R. (Eds.). Boas práticas para uso eficiente de fertilizantes: Contexto mundial e técnicas de suporte. Piracicaba, SP: International Plant Nutrition Institute, 2014. v. 1, cap. 9, p. 229-275.

CRUZ, S. C. S. et al. Adubação nitrogenada para milho cultivado em sistema plantio direto, no Estado de Alagoas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 12: 62-68, 2008.

GOMES, E. P. et al. Produtividade de capim tifton 85 sob irrigação e doses de nitrogênio. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 19: 317-323, 2015.

HOEFT, R. G. Desafios para a obtenção de altas produtividades de milho e de soja nos EUA. Piracicaba, SP: POTAFÓS, 2003. 20 p.

KAPPES, C. et al. Desempenho de híbridos de milho em diferentes arranjos espaciais de plantas. Bragantia, 70: 333-334, 2011.

LEMOS, C. L.et al. Os efeitos do sombreamento na atividade da redutase de nitrato em folhas de coffea arábica L. Revista Brasileira de Agroecologia, 2: 1070-1074,2007.

MA, B. L. et al. On-farm assessment of the amount and timing of nitrogen fertilizer on ammonia volatilization. Agronomy Journal, 102: 134-144, 2010.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, A. S. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. Piracicaba, SP: Associação Brasileira para Pesquisa da Potassa e do Fosfato, 1989. 201 p.

MAZID, M.; KHAN, T. A.; MOHAMMAD, F. Role of nitrate reductase in nitrogen fixation under photosynthetic regulation.World Jornal of Pharmaceutical Research, 1: 384-414, 2012.

MEGURO, N.E.; MAGALHÃES, A.C. Atividade da redutase de nitrato em cultivares de café. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 17: 249-257, 1982.

MENGEL, D. B.; BARBER, S. A. Rate of nutrient uptake per unit of corn root under field conditions. Agronomy Journal, 66: 399-402, 1974.

MOMESSO, L. et al. Impacts of Nitrogen Management on No-Till Maize Production Following Forage Cover Crops. Agronomy Journal, 111: 639-649, 2019.

NUNES, A. S. et al. Adubos verdes e doses de nitrogênio em cobertura na cultura do trigo sob plantio direto. Semina: Ciências Agrárias, 32: 1375-1384, 2011.

OLIVEIRA, P. P. A. et al. Guia de identificação de deficiências nutricionais em Brachiaria brizantha cv. Marandu. São Carlos, SP: Embrapa Pecuária Sudeste, 2007. 38 p. (Comunicado técnico, 76).

PINNOW, C. et al. Qualidade industrial do trigo em resposta à adubação verde e doses de nitrogênio. Bragantia, 72: 20-28, 2013.

PRADO, M. R.; CAMPOS, C. N. S. Nutrição e adubação de grandes culturas. Jaboticabal, SP: FCAV, 2018. 379 p.

RODRIGUES, F. et al. Aptidão de híbridos de milho para o consumo in natura. Revista de Ciências Agrárias. 41: 484-492, 2018.

SCHEIBLE, W. R.; GONZÁLES-FONTES, A.; LAUERER, M. Nitrateacts as a signaltointroduceorganicacidmetabolismandrepressstarchmetabolism in tobacco. The PlantCell, 9: 783-798, 1997.

SILVA, F. A. S.; AZEVEDO, C. A. V. Principal Components Analysis in the Software Assistat-Statistical Attendance. In: WORLD CONGRESS ON COMPUTERS IN AGRICULTURE, 7., 2009, Orlando. Proceedings... Reno. American Society of Agricultural and Biological Engineers, 2009.

SIQUEIRA NETO, M. et al. Mineralização e desnitrificação do nitrogênio no solo sob sistema plantio direto. Bragantia, 69: 923-936, 2010.

SORATTO, R. P.et al. Fontes alternativas e doses de nitrogênio no milho safrinha em sucessão a soja. Revista Ciência Agronômica, 41: 511-518, 2010.

SOUSA, D. M. G.; LOBATO, E. Cerrado: correção do solo e adubação. 2. ed. Brasilia, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2004. 416 p.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. 5 ed. Porto Alegre, RS: Artmed, 2013, 918 p.

Publicado
2021-03-03
Seção
Agronomia