QUALIDADE DE RAÍZES DE MANDIOCA DE MESA ADUBADAS COM FÓSFORO

Palavras-chave: Manihot esculenta. Adubação fosfatada. Pós-colheita. Físico-química.

Resumo

Os parâmetros de qualidade de raízes de mandioca variam entre cultivares e em função de fatores abióticos, como a nutrição das plantas. Porém, a magnitude com a qual esses fatores interferem ainda não está bem definida, especialmente para o fósforo (P), que é um nutriente diretamente ligado à síntese de açúcares e amido nas plantas. Assim, o objetivo da pesquisa foi avaliar a qualidade de raízes de cultivares de mandioca de mesa adubadas com doses de P no Semiárido brasileiro. A pesquisa foi realizada na Fazenda Experimental Rafael Fernandes, Mossoró, RN, Brasil, no período de junho/2018 a abril/2019. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, arranjados em parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, foram aplicadas as doses de P (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1 de P2O5), e nas subparcelas, as cultivares de mandioca de mesa (Água Morna, BRS Gema de Ovo, Recife e Venâncio). Foram avaliadas: firmeza, elasticidade, acidez titulável, sólidos solúveis, açúcares solúveis totais, amido e tempo de cocção. A qualidade das raízes de mandioca de mesa variou em função da cultivar e da dose de P. Doses de P entre 120 e 240 kg ha-1 de P2O5 proporcionam aumento no teor de amido e redução do tempo de cocção de raízes de mandioca de mesa.

 

Referências

AGUIAR, E. B. et al. Efeito da densidade populacional e época de colheita na produção de raízes de mandioca de mesa. Bragantia, 70: 561-569, 2011.

ALBUQUERQUE, J. R. T. et al. Quality of sweet potato cultivars planted harvested at different times of two seasons. Australian Journal of Crop Science, 12: 898-904 2018.

ALVARES, C. A. et al. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, 22: 711-728, 2013.

AOAC - Association of Official Analytical Chemistry. Official methods of analysis of the Association of Official Analytical Chemistry. 17th ed. Washington: AOAC, 2002.

ARAÚJO, F. C. B. et al. Chemical root traits differentiate ‘bitter’and ‘sweet’cassava accessions from the Amazon. Crop Breeding and Applied Biotechnology, 19: 77-85, 2019.

BASET MIA, M. A. Nutrition of crop plants–Plant science, research and practices. Nova Science Publishers, s/v.: 69-74, 2015.

BORGES, M. F.; FUKUDA, W. M. G.; ROSSETTI, A. G. Avaliação de variedades de mandioca para consumo humano. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 37: 1559-1565, 2002.

BURGOS, Á. M.; CENÓZ, P. J. Efectos de la aplicación de fósforo y potasio en la producción y calidad de raíces de mandioca (Manihot esculenta Crantz) en un suelo arenoso y clima subtropical. Revista Científica UDO Agrícola, 12: 143-151, 2012.

CARDOSO, C. E. L.; GAMEIRO, A. H. Caracterização da cadeia agroindustrial. In: SOUZA, L. S. et al (Eds). Aspectos socioeconômicos e agronômicos da mandioca. Cruz das Almas, BA: Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, 2006. v. 1, cap. 1, p. 19-39.

CARDOSO, A. D. et al. Avaliação de variedades de mandioca tipo indústria. Magistra, 26: 456-466, 2014.

CHITARRA, M. I. F.; CHITARRA, A. B. Pós-colheita de frutas e hortaliças: fisiologia e manuseio. 2. ed. Lavras, MG: UFLA, 2005. 785 p.

CUVACA, I. B. et al. Cassava (Manihot esculenta Crantz) tuber quality as measured by starch and cyanide (hcn) affected by nitrogen, phosphorus, and potassium fertilizer rates. Journal of Agricultural Sciences, 7: 36-49, 2015.

DEUS, M. V. C. Adubação fosfatada e revestimento comestível na conservação pós-colheita de batata-doce (Ipomoea batatas l.). 2019. 56 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia: Área de concentração em Melhoramento Genético e Tecnologia em Sementes e Pós-Colheita). Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, 2019.

DONAGEMA, G. K. et al. Manual de métodos de análises de solos. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Embrapa Solos, 2011.

FAOSTAT - Food and Agriculture Organization of the United States (2017). FAOSTAT. Disponível em: <http://www.fao.org/faostat/en/#home>. Acesso em: 10 jul. 2020.

FERNANDES, A. M. et al. Produtividade e qualidade de raízes da mandioquinha-salsa em diferentes níveis de adubação NPK. In: Colloquium Agrariae, 14: 194-203, 2018.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a Guide for its Bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, 38: 109-112, 2014.

FIGUEIRA, J. A. Determinação e caracterização de amido de cana-de-açúcar e adequação de metodologia para determinação de alfa-amilase em açúcar bruto. 2009. 93 f. Dissertação (Mestrado em Ciência de Alimentos: Área de Concentração em Bioquímica de Alimentos) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

FRANCK, H. et al. Effects of cultivar and harvesting conditions (age, season) on the texture and taste of boiled cassava roots. Food Chemistry, 126: 127-133, 2011.

FUKUDA, W. M. G.; SILVA, S. O.; IGLESIAS, C. Cassava Breeding. Crop Breeding and Applied Biotechnology, 2: 617-638, 2002.

FUKUDA, W. M. G. et al. Selected morphological and agronomic descriptors for the characterization of cassava. International Institute of Tropical Agriculture (IITA), 2010.

JANDEL SCIENTIFIC. Table Curve: curve fitting software. Corte Madera, CA: Jandel Scientific, 1991.

LI, K. et al. Proteome characterization of cassava (Manihot esculenta Crantz) somatic embryos, plantlets and tuberous roots. Proteome Science, 8: 1-12, 2010.

LORENZI, J. O. Variação na qualidade culinária das raízes de mandioca. Bragantia, 53: 237-245, 1994.

MACALOU, S.; MUSANDU, A.; MWONGA, S. Cassava genotypes N P K nutrient uptake in leave and its growth and yield parameters regression under inorganic NPK (15-15-15) application rates in southern Mali, West Africa. Advances in Agricultural Science, 6: 42-51, 2018.

MENEZES, J. B. C. et al. Aspectos agronômicos e qualidade de raízes de mandioca minimamente processadas. Revista Agrarian, 12 :425-433, 2019.

MUOJIAMA, S. O. et al. Agronomic evaluation of new varieties of cassava (Manihot esculenta crantz) under different rates and modes of NPK (12-12-17-2) fertilizer application in two seasons. Notulae Scientia Biologicae, 10: 107-116, 2018.

MUNYAHALI, W. et al. Responses of cassava growth and yield to leaf harvesting frequency and NPK fertilizer in South Kivu, Democratic Republic of Congo. Field Crops Research, 214:194–201, 2017.

NOVO JÚNIOR, J. et al. Effect of phosphorus fertilization on yield and quality of onion bulbs. African Journal of Agricultural Research, 11: 4594-4599, 2016.

NUNES, J. G. S. Efeitos das épocas de plantio e das doses de fósforo sobre a produtividade e qualidade de cultivares de batata-doce. 2019. 76 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia: Área de Concentração em Energia na Agricultura) - Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2019.

OLIVEIRA, A. P. et al. Produção de batata-doce e teor de amido nas raízes em função de doses de P2O5. Acta Scientiarum Agronomy, 27: 747-751, 2005.

OLIVEIRA, M. A.; MORAES, P. S. B. Características físico-químicas, cozimento e produtividade de mandioca cultivar IAC 576-70 em diferentes épocas de colheita. Ciência e Agrotecnologia, 33: 837-843, 2009.

OMONDIA, J. O. et al. Phosphorus affects storage root yield of cassava through root numbers. Journal Of Plant Nutrition, 42: 2070-2079, 2019.

PADONOU, W.; MESTRES, C.; NAGO, M. C. The quality of boiled cassava roots: instrumental characterization and relationship with physicochemical properties and sensorial properties. Food Chemistry, 89: 261-270, 2005.

PEDRI, E. C. M. et al. Características morfológicas e culinárias de etnovariedades de mandioca de mesa em diferentes épocas de colheita. Brazilian Journal of Food Technology, 21: e2018073, 2018.

RÊGO, L. G. S. et al. Pedogenesis and soil classification of an experimental farm in Mossoró, state of Rio Grande do Norte, Brazil. Revista Caatinga, 29: 1036-1042, 2016.

RIMOLDI, F. et al. Produtividade, composição química e tempo de cozimento de cultivares de mandioca de mesa coletadas no Estado do Paraná. Acta Scientiarum. Agronomy, 28: 63-69, 2006.

SILVA, A. D. A.; GOMES, R. V. A. Macaxeira. In: CAVALCANTI, F. J. A. et al. (Eds). Recomendações de adubação para o Estado de Pernambuco: 2ª aproximação. Recife, PE: Instituto Agronômico de Pernambuco – IPA, 2008. 3ª ed., cap. 9, p. 164.

SILVA, F. C. et al. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. 2. ed. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2009. 624 p.

SILVA, G. A. et al. Agronomic performance of beet cultivars as a function of phosphorus fertilization. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 23: 518-523, 2019.

SILVA, K. N. D. et al. Potencial agronômico e teor de carotenoides em raízes de reserva de mandioca. Ciência Rural, 44: 1348-1354, 2014.

SYSTAT SOFTWARE. SigmaPlot for Windows Version 12.0. San Jose: Systat Software Inc., 2011.

TAIZ, L. et al. Fisiologia e desenvolvimento vegetal. 6. ed. Porto Alegre, RS: Artmed, 2017. 858 p.

TALMA, S. V. et al. Tempo de cozimento e textura de raízes de mandioca. Brazilian Journal of Food Technology, 16: 133-138, 2013.

VINHA, A. P. C. et al. Adsorção de fósforo em solos de regiões tropicais. Nativa, 9: 30-35, 2021.

YEMM, E. W.; WILLIS, A. J. The estimation of carbohydrates in plant extracts by anthrone. Biochemical Journal, 57: 508-514, 1954.

WHEATLEY, C.; GÓMEZ, G. Evaluation of some quality characteristics in cassava storage roots. Plant Foods for Human Nutrition, 35: 121-129, 1985.

ZENEBON, O.; PASCUET, N. S.; TIGLE, P. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 1. ed. São Paulo, SP: IAL, 2008. 1000 p.

Publicado
2021-09-27
Seção
Nota Técnica