ANÁLISE DO ENSINO DE GRAMÁTICA EM SALA DE AULA

  • Maria Leane dos Santos
  • Francinete Alves Ferreira
  • Thaísa Gabriella Queiroz da Costa
Palavras-chave: Gramática, Análise, Sala de aula,

Resumo

O presente artigo busca analisar sobre o ensino da gramática pautado na visão tradicional e na perspectiva da linguagem. Para tanto, serão analisadas algumas das concepções de gramática e linguagem e as teorias subjacentes a tais visões e sua relação com o ensino gramatical em sala de aula. Analisando como o professor de português do Ensino Fundamental II está lidando com o embate entre a tradição escolar gramatical e as novas propostas de ensino que visam desbancá-la, ao desenvolverem aquilo que os Parâmetros Curriculares Nacionais de Língua Portuguesa chamam de Eixo da Reflexão e Análise Sobre a Língua. Do ponto de vista teórico ao ponto de vista metodológico, na abordagem qualitativa, o resultado indica a coexistência de diferentes perspectivas teórico-metodológicas na prática do professor, existente nesse eixo de ensino, perspectivas essas que se delineiam mais claramente em função dos conteúdos linguísticos selecionados e trabalhados pelo docente em sala de aula.

Referências

BAKHTIN, M.; VOLOCHINOV, V. N. Marxismo e filosofia da linguagem. 11 ed. São
Paulo: Hucitec, 2004.

BRITTO, Luiz Percival Leme. A sombra do caos: ensino de língua x tradição gramatical. Campinas: Mercado de Letras, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Marins Pontes, 1997.

GERALDI, J. W. Concepções de linguagem e ensino de português. In: _____. (org.). O texto na sala de aula: leitura e produção. Cascavel: Assoeste, 1997, p.39-46.

NEVES, Maria Helena de Moura. Gramática na escola. São Paulo: Contexto, 1990.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e Interação: uma proposta para o ensino de gramática no 1º e 2º graus. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1997.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e interação: uma proposta para o ensino de gramática no 1º e 2º graus. S. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e Interação: uma proposta para o ensino de gramática. 10 ed. São Paulo. Cortez, 2005.
Publicado
16-10-2017