[1]
A. L. de Carvalho Lisboa, “A (in)utilização de EIRELI como consequência da criação da sociedade limitada unipessoal”, REMI, vol. 1, nº 2, p. 36 - 47, jan. 2021.