ESTIMATIVAS DE PARÂMETROS FENOTÍPICOS E GENÉTICOS EM MILHO VERDE SOB DIFERENTES DISPONIBILIDADES NUTRICIONAIS

Palavras-chave: Zea mays. Seleção recorrente. Baixo nitrogênio. Baixo fósforo. Meios-irmãos.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi estimar e comparar parâmetros fenotípicos e genéticos após três ciclos de seleção recorrente intrapopulacional em milho fresco sob três disponibilidades nutricionais. Três experimentos derivados de uma mesma população foram realizados para avaliar a capacidade das progênies em adquirir os nutrientes, um sob fertilização adequada (controle – MV-006), outro sob baixa disponibilidade de nitrogênio (N – MV-006N) e outro sob baixa disponibilidade de fósforo (P – MV-006P). Os experimentos foram realizados em delineamento de blocos casualizados, com 64 progênies de meios-irmãos, com três repetições. Foram avaliadas as características de índice relativo de clorofila, altura da planta e inserção da espiga, diâmetro e comprimento da espiga, produtividade de espigas empalhadas e despalhadas. As populações apresentam variabilidade para as três condições de disponibilidade nutricional. A variabilidade foi muito reduzida com apenas três ciclos de seleção, sendo indicado avaliar um número maior de progênies de meios-irmãos, acima de 64, sob baixa disponibilidade de N e P. A dose a ser usada para identificar as progênies mais eficientes no programa de melhoramento deve estar próxima a recomendada, com uma redução lenta após os ciclos seletivos. Dessa forma, a variabilidade será mantida e com maior possibilidade de identificação de progênies mais promissoras. Além disso, a frequência de alelos favoráveis aumenta de forma mais gradual e eficaz, sendo que a dose de 60 kg ha-1 de N e P não é indicada na fase inicial do programa, como nível crítico.

Referências

ABE, A.; ADELEGAN, C. A. Genetic variability, heritability and genetic advance in shrunken-2 super-sweet corn (Zea mays L. saccharata) populations. Journal of Plant Breeding and Crop Science, 11: 100-105, 2019.

ARAÚJO, R. M. et al. Resposta do milho verde à inoculação com Azospirillum brasilense e níveis de nitrogênio. Ciência Rural, 44: 1556-1560, 2014.

CHEN, K. et al. Genetic improvement in density and nitrogen stress tolerance traits over 38 years of commercial maize hybrid release. Field Crops Research, 196: 438-451, 2016.

CIAMPITTI, I. A.; VYN, T. J. A comprehensive study of plant density consequences on nitrogen uptake dynamics of maize plants from vegetative to reproductive stages. Field Crops Research, 121: 2-18, 2011.

COIMBRA, R. R. et al. Relação entre tolerância do milho a baixo teor de fósforo no solo e responsividade a adubação fosfatada. Bioscience Journal, 30: 332-339, 2014.

CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento de safra brasileira: grãos, safra 2019/2020, Tabela de Levantamento – 12/05/2020. Disponível em: < https://www.conab.gov.br/info-agro/safras>. Acesso em: 24 jul. 2020.

CRUZ, C. D. Genes Softwaree – extended and integrated with the R, Matlab and Selegen. Acta Scientiarum, 38: 547-552, 2016.

CRUZ, C. D.; REGAZZI, A. J.; CARNEIRO, P. C. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético. 4. ed. Viçosa, MG: UFV, 2012. 514 p.

DOVALE, J. C. et al. Efeitos gênicos de caracteres associados à eficiência no uso de nitrogênio em milho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 47: 385-392, 2012.

GERHARDT, I. F. S. et al. O. Intraspecific variability of popcorn S7 lines for phosphorus efficiency in the soil. Genetics and Molecular Research, 16: 1-14, 2017.

GODOY, C. L. et al. Methods to classify maize cultivars in use efficiency and response to nitrogen. Revista Ceres, 60: 699-705, 2013.

GUEDES, F. L. et al. Inheritance of nitrogen use efficiency in inbred progenies of tropical maize based on multivariate diallel analysis. The Scientific World Journal, 2014: 1-7, 2014.

HEINZ, R. et al. Seleção de progênies de meio-irmãos de milho para eficiência no uso de nitrogênio. Revista Ciência Agronômica, 43: 731-739, 2012.

HEINZ, R. et al. Selection of parents for low nitrogen stress through the combining ability of maize partially inbred lines. Acta Scientiarum. Agronomy, 41: 1-7, 2019.

KHAN, A. et al. Phosphorus efficiency, soil phosphorus dynamics and critical phosphorus level under long-term fertilization for single and double cropping systems. Agriculture, Ecosystems & Environment, 256: 1-11, 2018.

LI, D. et al. Dissecting the phenotypic response of maize to low phosphorus soils by field screening of a large diversity panel. Euphytica, 217: 1-12, 2021.

LUO, B. et al. Metabolite profiling and genome‐wide association studies reveal response mechanisms of phosphorus deficiency in maize seedling. The Plant Journal, 97: 947-969, 2019.

MEIRELLES, W. F. et al. Análise dialélica de linhagens de milho quanto à responsividade ao fósforo e à sua eficiência de uso. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 51: 224-232, 2016.

MENDES, F. F. et al. Genetic control of traits related to phosphorus use efficiency in tropical maize. Crop Breeding and Applied Biotechnology, 15: 59-65, 2015.

NASS, L. L. et al. Recursos Genéticos & Melhoramento - Plantas. Ed. 1. Rondonópolis, MT: Fundação MT, 2001, 1183 p.

PAIVA, M. R. F. C. et al. Doses de nitrogênio e de fósforo recomendadas para produção econômica de milho-verde na Chapada do Apodi-RN. Revista Caatinga, 25: 1-10, 2012.

PEREIRA FILHO, I. A. O cultivo do milho verde. 1. ed. Sete Lagoas, MG: EMBRAPA Milho e Sorgo, 2002. 217 p.

RAO, I. M. et al. Root adaptations to soils with low fertility and aluminium toxicity. Annals of Botany, 118: 593-605, 2016.

REPKE, R. A. et al. Eficiência da Azospirillum brasilense combinada com doses de nitrogênio no desenvolvimento de plantas de milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, 12: 214-226, 2013.

RESENDE, C. L. P. et al. Agronomic efficiency of hybrids of corn to nitrogen, phosphorus and potassium targeting fresh corn. Journal of Agricultural Science, 11: 120-133, 2019.

RESENDE, M. D. V.. Genética biométrica e estatística no melhoramento de plantas perenes. 1. ed. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2002, 975 p.

RESENDE, M. D. V. DE.; DUARTE, J. B. Precisão e controle de qualidade em experimentos de avaliação de cultivares. Pesquisa Agropecuária Tropical, 37: 182-194, 2007.

RIBEIRO, R. M. et al. Effect of recurrent selection on the variability of the UENF-14 popcorn population. Crop Breeding and Applied Biotechnology, 16: 123-131, 2016.

RODRIGUES, F. et al. Aptidão de híbridos de milho para o consumo in natura. Revista de Ciências Agrárias, 41: 484-492, 2018.

RODRIGUES, F. et al. Critérios para a seleção de linhagens de sorgo eficientes e responsivas ao fósforo. Revista Caatinga, 27: 75-84, 2014.

SCHIAVINATTI, A. F. et al. Influência de fontes e modos de aplicação de nitrogênio nos componentes da produção e produtividade do milho irrigado no cerrado. Revista Bragantia, 70: 925-930, 2011.

SCHLEGEL, A. J.; HAVLIN, J. L. Corn yield and grain nutrient uptake from 50 years of nitrogen and phosphorus fertilization. Agronomy Journal, 109: 335-342, 2017.

SILVA, R. G. et al. Potencial genético das populações de milho UFVM 100 e UFVM 200 avaliadas em solos com deficiência de nitrogênio. Revista Caatinga, 21: 22-29, 2008.

SPOLAOR, L. T. et al. Brazilian maize landraces variability under high and low phosphorus inputs. Maydica, 63: 1-8, 2018.

TALABI, A. O.; BADU-APRAKU, B.; FAKOREDE, M. A. B. Genetic variances and relationship among traits of an early maturing maize population under drought-stress and low nitrogen environments. Crop Science, 57: 681-692, 2017.

VAN BUEREN, T. L.; STRUIK, P. C. Diverse concepts of breeding for nitrogen use efficiency. Agronomy for Sustainable Development, 37: 1-24, 2017.

WOLI, K. P. et al. Corn era hybrid response to nitrogen fertilization. Agronomy Journal, 108: 473-486, 2016.

ZHANG, H. et al. Large-scale evaluation of maize germplasm for low-phosphorus tolerance. PloS One, 10: 1-13, 2015.

Publicado
2021-09-27
Seção
Agronomia