Uma Ontologia para Definir o Perfil de Crianças e Jovens com Transtorno do Espectro Autista em um Jogo Sério

  • Luiz Joseano dos Santos Silva
  • Laysa Mabel de Oliveira Fontes
  • Rafael de Almeida Rodrigues
  • Francisco Milton Mendes Neto
  • Karla Rosane do Amaral Demoly

Resumo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é caracterizado por uma série de condições que impactam no relacionamento social, como, por exemplo, na dificuldade de comunicação. Os jogos são recursos que podem facilitar as habilidades sociais em pessoas autistas. Diante deste contexto, este trabalho apresenta uma ontologia para modelar o perfil de crianças e jovens com TEA em um jogo sério, objetivando melhorar a experiência desses indivíduos no jogo. A construção da ontologia proposta neste trabalho baseou-se em diários de bordos oriundos de oficinas realizadas com pessoas autistas no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi) de Mossoró – RN e sua elaboração seguiu os passos da metodologia 101.

Publicado
2019-08-23
Edição
Seção
Artigos - Poster