ROTINA PARA AUTISTA: POSSIBILIDADES DE ELABORAÇÃO ATRAVÉS DA COMUNICAÇÃO PICTÓRICA FAVORECENDO A INCLUSÃO NA ESCOLA.

  • Paula Gomes da Silva
Palavras-chave: Rotina, Autismo, Tecnologia Assistiva.

Referências

BRAGA JUNIOR, F. V.; BELCHIOR, M. S.; SANTOS, S. T. Transtornos Globais de Desenvolvimento e o atendimento educacional especializado. Mossoró: EDUFERSA, 2015. 56 p.
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC, 2008a. Disponível em:http://peei.mec.gov.br/arquivos/politica_nacional_educacao_especial.pdf
CUNHA, A. C. B; ENUMO, S. R. F.; CANAL, C. P. P. Operacionalização de escala para análise de padrão de mediação materna: um estudo com díades mãe–criança com deficiência visual. Revista Brasileira de educação Especial, Marilia, v.12, n.3, p.393–412, 2006.
CUNHA, Ana C. B.; FARIAS, Iara M.; MARANHÃO, Renata V. A. Interação professor-aluno com autismo no contexto da educação inclusiva: análise do padrão de mediação do professor com base na teoria da experiência de aprendizagem mediada (mediated learning experience theory). Rev. Bras. Ed. Esp., Marília-SP, v.14, n.3, p.365-384, set./dez. 2008.
GONÇAVES, M. J.; FURTADO, U. M. Educação a distância e tecnologia Assistiva. Mossoró: EDUFERSA, 2015. 72p.
MELLO, A. M. et al. Retratos do autismo no Brasil. São Paulo: Gráfica da AMA, 2013.106p. (AMA – Associação de amigos do autista).
SURIAN, Luca. Autismo: informações essenciais para familiares, educadores e profissionais de saúde. São Paulo: Paulinas, 2010. 147p.
Publicado
20-10-2017