PERCEPÇÃO DO CONCEITO DE HIGIENE E SEGURANÇA ALIMENTAR DOS MANIPULADORES DE PRODUTOS CÁRNEOS DE MERCADO PÚBLICO, RECIFE-PE, BRASIL

  • Giselle Ramos da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco

Resumo

A qualidade e a segurança são componentes fundamentais frente ao consumo de alimentos. As principais variáveis que podem afetar tais componentes são as condições higiênico-sanitárias e os manipuladores, interferindo direta ou indiretamente, podendo comprometer tanto a qualidade quanto a segurança desde a produção, industrialização até a distribuição dos alimentos. Diante da importância sanitária e social do comércio e consumo da carne, objetivou-se com este trabalho, traçar um perfil higiênico-sanitário dos manipuladores de produtos cárneos de Mercado Público, Recife – PE, Brasil. Para tanto, foi elaborado uma entrevista pré-estruturada, composta por 15 questões. A entrevista foi realizada com sete manipuladores de produtos cárneos de Mercado Público. A partir dos resultados observou-se que em pelo menos 7/15 (46,67%) itens pesquisados as respostas registradas estavam em desacordo com o esperado segundo a legislação específica vigente. Foi possível concluir que há a necessidade de programas de treinamento para manipuladores de alimentos e de uma sensibilização quanto aos seus hábitos higiênico-sanitários, bem como a necessidade de mais informação, frente aos prejuízos causados à saúde ao se consumir um produto sem as devidas condições de higiene.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-08-23
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor (es)