VALOR NUTRITIVO DE DIETAS COM NÍVEIS CRESCENTES DO SUBPRODUTO DO CAJU NA ALIMENTAÇÃO DE OVINOS

  • Dyêgo Felipe de Lima Leite
  • Emerson Moreira de Aguiar
  • José Simplício de Holanda
  • Adriano Henrique do Nascimento Rangel
  • Igor de Paula Lopes Aureliano
  • Dorgival Morais de Lima Júnior Universidade Federal de Alagoas

Resumo

Objetivou-se avaliar o consumo e a digestibilidade aparente de dietas contendo níveis crescentes do subproduto do caju em ovinos. Foram utilizados 16 ovinos ½ sangue Dorper x ½ Santa Inês, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado, sendo quatro níveis (0%, 20%, 40% e 60%) de inclusão do subproduto do caju e quatro repetições, perfazendo 16 observações. Para estimar o consumo e a digestibilidade dos nutrientes foi utilizado o indicador Lignina Purificada e Enriquecida (LIPE®). Os consumos matéria seca, proteína bruta, extrato etéreo, fibra em detergente neutro e carboidratos não fibrosos apresentaram comportamento linear negativo com aumento da inclusão do subproduto do caju nas dietas experimentais. No entanto, para o consumo de lignina, houve um efeito linear positivo com a inclusão do subproduto. Houve efeito linear negativo do nível de subproduto sobre os coeficientes de digestibilidade da matéria seca, proteína bruta e fibra em detergente neutro das dietas experimentais. A inclusão do subproduto do suco do caju influenciou negativamente o valor nutritivo das dietas, portanto não se recomenda sua inclusão em dieta completas para ovinos em níveis de 20% ou mais da matéria seca da dieta.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-07-16
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor (es)

1 2 3 > >>