DESEMPENHO E CARACTERÍSTICAS DE CARCAÇA DE CABRITOS SUPERPRECOCE ALEITADOS COM SORO DE QUEIJO ASSOCIADO AO LEITE BOVINO ATÉ OS 60 DIAS

  • Hélia Maria de Sousa Leite
  • Ana Paula Pinheiro de Assis
  • Renata Nayhara de Lima UFERSA
  • Maria Vivianne Freitas Gomes de Miranda
  • Andrezza Kyarelle Bezerra de Moura
  • Katia Tatiana de Lima Lopes
  • Maria Izabel Batista Pereira
  • Patrícia de Oliveira Lima

Resumo

Objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho de cabritos mestiços alimentados com leite bovino e soro de queijo associado ao leite bovino, em substituição ao leite de cabra, durante os primeiros 60 dias de vida. Foram utilizados 24 cabritos machos distribuídos em três tratamentos e oito repetições: LC - leite de cabra (controle); LB - 100% leite bovino e LS - 50% de leite bovino + 50% de soro de queijo de leite bovino. Os animais receberam também feno e concentrado inicial. O desenvolvimento dos animais foi avaliado através de pesagens, as estimativas de consumo foram feitas por medições diárias de consumo de feno e concentrado pelo método oferta/sobra. Aos 60 dias os animais foram abatidos, foram verificadas as medidas de pH e temperatura ao abate sendo também avaliados os pesos e rendimentos das carcaças, perda e quebra por resfriamento. A avaliação econômica constou do cálculo de indicadores de custos e receitas, e de medidas de resultados econômicos. O uso do leite bovino associado ao soro de queijo bovino não apresenta vantagem produtiva e econômica que justifique sua utilização na dieta de cabritos SPRD desaleitados aos 60 dias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Nayhara de Lima, UFERSA
Zootecnia, Produção e Nutrição de ruminantes.
Publicado
2015-10-01
Seção
Original Articles / Artigos de Pesquisa

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor (es)