DIAGNÓSTICO DE TENDÊNCIA DE MUDANÇAS NA TEMPERATURA DO AR NO NORDESTE SETENTRIONAL

  • Rhodolffo Allysson Félix de Alencar Lima
  • Hudson Ellen Alencar Menezes
  • José Ivaldo Barbosa de Brito
Palavras-chave: variabilidade, amplitude térmica, regressão.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi detectar tendências de longo prazo nas médias anuais das temperaturas mínima, máxima e média compensada e nas temperaturas mínima e máxima absolutas anuais de vinte e quatro localidades da Região Nordeste Setentrional (Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco). Foram usadas as séries históricas de 1961 a 1990. Empregou-se a análise de regressão linear, para identificar as tendências, e o teste t de Student para verificar a significância estatística dos coeficientes de regressão linear. Observou-se um aumento das temperaturas mínima, média compensada, máxima e mínima absoluta em quase toda Região. A temperatura máxima absoluta não apresentou tendências significativas de aumento nem de decréscimo. Portanto, pode concluir que ocorreu uma diminuição da amplitude térmica anual da temperatura no interior do Nordeste Setentrional, principalmente, devido ao aumento da temperatura noturna.
Publicado
2010-08-01
Seção
Engenharia Agrícola