ALTERAÇÕES NO SOLO E PRODUTIVIDADE DE MILHO-VERDE ADUBADO COM ÁGUA RESIDUÁRIA DA SUINOCULTURA

Palavras-chave: Resíduo orgânico. Atributos do solo. Zea mays.

Resumo

A água residuária da suinocultura pode ser usada como biofertilizante e promover melhorias significativas nos atributos físico-químicos do solo e na produtividade. Objetivou-se avaliar os efeitos da aplicação da água residuária da suinocultura no solo e na produtividade do milho-verde. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Piauí, em Teresina, Piauí, no período de agosto a novembro de 2015. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados em esquema de parcela subdividida, com 4 repetições, sendo os tratamentos constituídos por cinco doses de água residuária da suinocultura (0, 25, 50, 75,100 m³ ha-1) nas parcelas e duas profundidades do solo (0,20 e 0,40 m) nas subparcelas. Foram avaliados os teores trocáveis de cálcio, magnésio, fósforo, potássio e sódio, condutividade elétrica, pH, soma de bases, saturação por base, acidez potencial e capacidade de troca de cátions, e a produtividade da cultura. Os resultados demonstraram que os teores de cálcio, magnésio, soma de base e capacidade de troca de cátions aumentaram com a elevação dos níveis de água residuária da suinocultura, no entanto os teores de potássio e sódio reduziram a partir das doses de 51,58 e 52,28 m3 ha-1, respectivamente. Com exceção do potássio e acidez potencial, as demais variáveis apresentaram maiores valores na profundidade de 0-0.20 m.

Referências

ALVES NETO, A. J. et al. Água residuária de suinocultura sobre a produtividade de soja e milho segunda safra: uso e viabilidade econômica. Revista Scientia Agraria Paranaensis, v. 15, n. 3, p. 350-357, 2016.

AYERS, R. S.; WESTCOT, D. W. A qualidade da água na agricultura. 2.ed. Campina Grande: UFPB, 1999. 153 p. (FAO: Irrigação e Drenagem, 29).

BASTOS, E. A.; ANDRADE JÚNIOR, A. S. Boletim agrometeorológico de 2015 para o município de Teresina, Piauí. Teresina: Embrapa Meio-Norte, 2016. 38 p. (Documentos, 239).

BERNARDES, R. F. B. Água residuária de suínos em um sistema agroflorestal: atributos químicos e translocação de nutrientes no solo. 2017. 88 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia: Área de Concentração em Solos) - Universidade Federal De Uberlândia, Minas Gerais, 2017.

BÓCOLI, M. E. et al. Soil chemical properties and maize yield under application of pig slurry biofertilizer. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 20, n. 1, p. 42-48, 2016.

BRUNETTO, G. et al. Changes in soil acidity and organic carbon in a sandy typic hapludalf after medium-term pig-slurry and deep-litter application. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 36, n. 5, p. 1620-1628, 2012.

CABRAL, J. R. et al. Impacto da água residuária de suinocultura no solo e na produção de capim-elefante. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 8, p. 823–831, 2011.

CAOVILLA, F. A. et al. Características químicas de solo cultivado com soja e irrigado com água residuária da suinocultura. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 7, p. 692-697, 2010.

CASSOL, P. C. et al. Disponibilidade de macronutrientes e rendimento de milho em latossolo fertilizado com dejeto suíno. Revista Brasileira de Ciências do Solo, v. 36, n. 6, p. 1911-1923, 2012.

CLAESSEN, M. E. C. et al. Manual de Métodos de Análise de Solo. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Embrapa - CNPS, 2011. 212 p.

CONDÉ, M. S. et al. Impacto da fertirrigação com água residuária da suinocultura em um latossolo vermelho-amarelo. Revista Vértices, v. 15, n. 2, p. 161-178, 2013.

CONDÉ, M. S. et al. Influência da aplicação de águas residuárias de criatórios de animais no solo: atributos químicos e físicos. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável, v. 2, n. 1, p. 99-106, 2012.

DA ROS, C. O. et al. Disponibilidade de nutrientes e acidez do solo após aplicações sucessivas de água residuária de suinocultura. Revista Brasileira de Tecnologia Agropecuária, v. 1, n. 1, p. 35-4, 2017.

ERTHAL, V. J. T. et al. Alterações físicas e químicas de um Argissolo pela aplicação de água residuária de bovinocultura. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 5, p. 467-477, 2010.

HOMEM, B. G. C. et al. Efeito do uso prolongado de água residuária da suinocultura sobre as propriedades químicas e físicas de um Latossolo Vermelho-Amarelo. Revista Científica, v. 42, n. 3, p. 299–309, 2014.

LOURENZI, C. L. et al. Soil chemical properties related to acidity under successive pig slurry application. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 35, n. 5, p. 1827-1836, 2011.

MAGGI, C. F. et al. Lixiviação de nutrientes em solo cultivado com aplicação de água residuária de suinocultura. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 2, p. 170–177, 2011.

MAGGI, C. et al. Impacts of the application of swine wastewater in percolate and in soil cultivated with soybean. Engenharia Agrícola, v. 33, n. 2, p. 279-290, 2013.

MORAES, M. T. et al. Dejetos líquidos de suínos como alternativa a adubação mineral na cultura do milho. Revista Semina: Ciências Agrárias, v. 35, n. 6, p. 2945-2954, 2014.

OLIVEIRA, D. A.; PINHEIRO, A.; VEIGA, M. Effects of pig slurry application on soil physical and chemical properties and glyphosate mobility. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 38, n. 5, p. 1421-1431, 2014.

PEREIRA FILHO, I. A. O cultivo de milho-verde. 1. ed. Sete lagoas, MG: Embrapa Milho e Sorgo, 2002. 217 p.

PRIOR, M. et al. Estudo da associação de água residuária de suinocultura e adubação mineral na cultura do milho e no solo. Revista Engenharia Agrícola, v. 35, n. 4, p. 744-755, 2015.

RAIJ, B. VAN. Fertilidade do solo e adubação. 2. ed. Piracicaba, SP: Ceres, 1991. 343 p.

REZENDE, V. O. Efeito da fertirrigação com água residuária de suinocultura nos atributos químicos do solo e na produção dos capins tifton 85 e xaraés. 2013. 60 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia: Área de Concentração em Produção Vegetal) – Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, 2013.

SILVA, A. A. et al. Fertilização com dejetos suínos: Influência nas características bromatológicas da Brachiaria decumbens e alterações no solo. Revista Engenharia Agrícola, v. 35, n. 2, p. 254-265, 2015.

SILVA, F. C. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. 2. ed. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2009. 627 p.

SILVA, P. S. L.; PATERNIANI, E. Produtividade de milho verde e de grãos de cultivares de Zea mays L. Ciência e Cultura, v. 38, n. 4, p. 707-712, 1986.

SMANHOTTO, A. et al. Cobre e zinco no material percolado e no solo com a aplicação de água residuária de suinocultura. Revista Engenharia Agrícola, v. 30, n. 2, p. 346-357, 2010.

SOBRAL, L. F. et al. Guia prático para interpretação de resultados de análises de solos. Aracaju, SE: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2015. 13 p. (Documentos, 206).

VEIGA, M. et al. Chemical attributes of a Hapludox soil after nine years of pig slurry application. Revista Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 47, n. 12, p. 1766-1773, 2012.

Publicado
2019-03-28
Seção
Agronomia