SORGO FORRAGEIRO SUBMETIDO A DISPONIBILIDADE DE ÁGUA EM NEOSSOLO FLÚVICO

Palavras-chave: Sorghum bicolor L. Manejo de irrigação. Fator de disponibilidade hídrica.

Resumo

Objetivou-se determinar o fator de disponibilidade hídrica no solo que resultasse ao máximo desempenho agronômico do sorgo forrageiro irrigado, sem alterar sua composição químico-bromatológica. Para isso, utilizou-se uma área experimental do Campus Janaúba da Universidade Estadual de Montes Claros, MG, Brasil, sobre um Neossolo Flúvico Psamítico com capacidade total de armazenamento de água de 59 mm nos primeiros 0,3 m de profundidade. O experimento consistiu de 5 fatores de disponibilidade hídrica do solo (f0,2 = 0,20; f0,35 = 0,35; f0,5 = 0,50; f0,65 = 0,65 e f0,8 = 0,80) e dois híbridos simples de sorgo forrageiro (Volumax® e BRS 655), arranjados no esquema de parcelas subdivididas, com os híbridos nas subparcelas, no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. A partir da diferenciação, quinzenalmente foram avaliados a altura de planta, diâmetro de colo, diâmetro transversal de planta, número de folhas por planta, índice de área foliar, teor relativo de clorofila, diâmetro de caule, comprimento de panícula, produção de matéria seca, eficiência de uso da água, proteína bruta, cinzas, fibra em detergente ácido, fibra em detergente neutro e lignina. O fator f entre 0,20 e 0,35 promove maior produção de matéria seca e altura de plantas nos dois híbridos de sorgo. O híbrido Volumax® apresentou melhores teores de proteína bruta e fibra em detergente ácido. Os fatores f testados não alteraram a composição químico-bromatológica dos híbridos.

Referências

ALBUQUERQUE, C. J. B. et al. Espaçamento reduzido para o cultivo do sorgo granífero no sistema irrigado e em sequeiro, Pesquisa Aplicada & Agrotecnologia, v. 3, n. 2, p. 1-16, 2010.

ALBUQUERQUE, C. J. B. et al. Características agronômicas e bromatológicas dos components vegetativos de genótipos de sorgo forrageiro em Minas Gerais. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 12, n. 2, p. 164-182, 2013.

ALBUQUERQUE, C. J. B.; MENDES, M. C. Época de semeadura do sorgo forrageiro em duas localidades do estado de Minas Gerais. Revista Brasileira de Tecnologia Aplicada nas Ciências Agrárias, v. 4, n. 1, p. 116-134, 2011.

ALLEN, R. G. et al. Evapotranspiración del cultivo. Guias para la determinación de los requerimientos de agua de los cultivos. Rome. FAO, 2006. 320 p.

ALVARES, C. A. et al. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v. 22, n. 6, p. 711–728, 2013. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507>. Acesso em: 31 jan. 2019.

ALVES, V. M. C. et al. Sorgo. In: COMISSÃO DE FERTILIDADE DO SOLO DO ESTADO DE MINAS GERAIS (CFSEMG). RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; ALVAREZ V., V. H. (eds.). Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais. 5ª Aproximação. Viçosa, 1999. cap. 18, p. 317-318.

ASSEFA, Y.; STAGGENBORG. S. A.; PRASAD, P. V. V. Grain sorghum water requeriment and responses to drought stress: A review. CROP MANAGEMENT, Minnesota, 2010. Disponível em: . Acesso em: 02 de Abr. de 2017.

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; MANTOVANI, E. C. Manual de irrigação. 8 ed. Viçosa, MG. UFV, 2006. 625 p.

BOYER, J. S. Mechanisms for obtaining water use efficiency and drought resistance. In: SIMPOSIUM ON PLANT BREEDING IN THE 1990s, 1991, Raleigh. Plant breeding in the 1990s – Proceedings... Wallingford, UK: CAB Internacional, 1992, p. 181-200.

DETMAN, E. et al. Métodos para análises de alimentos. Visconde do rio Branco, MG: Suprema, 2012. 214 p.

DONAGEMMA, G. K. et al. Caracterização, potencial agrícola e perspectivas de manejo de solos leves no Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 51, n. 9, p. 1003–1020, 2016.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – EMBRAPA. Sistemas de Produção, Versão Eletrônica - 5ª edição Set./2009 Produção de sorgo.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3. ed. Brasília, DF: Embrapa, 2013. 353 p.

EVETT, S. R. Lower Limits of Crop Water Use in Three Soil Textural Classes, Soil Science Society of America Journal, v. 76, n. 2, p. 607-616, 2012.

FUNARBE, F. A. B. SAEG-Sistema para análises estatísticas, versão 9.1. Viçosa, MG: UFV, 2007.

FREITAS, G. A. et al. Adubação orgânica no sulco de plantio e sua influência no desenvolvimento do sorgo. Journal of Biotechnology and Biodiversity, v. 3, n. 1, p. 61-67, 2012.

GOMES, S. O.; PITOMBEIRA, J. B.; NEIVA, J. N. M. Comportamento agronômico e composição químico-bromatológico de cultivares de sorgo forrageiro no Estado do Ceará. Revista Ciência Agronômica, v. 37, n. 2, p. 221-227, 2006.

HANKS, R. J. Yield and water use relationships. In: TAYLOR, H. M.; JORDAM, W. R.; SINCLAIR, T. R. (Eds.) Limitations to efficient water use in crop production. Madison: American Society of Agronomy, 1983. p. 393-411.

JAHANZAD, E. et al. Response of new and a commonly grown forage sorghum cultivar to limited irrigation and planting density. Agricultural Water Mannagement, v. 117, n. 31, p. 62-69, 2013.

KIRCHNER, J. H. et al. Variation of leaf area index of the forage sorghum under different irrigation depths in dynamic of cuts. African Journal of Agricultural Research, v. 12, n. 2, p. 111–124, 2017.

KLOCKE, N. L. et al. Sorghum yield response to déficit irrigation. American Society of Agricultural and Biological Enginees, v. 55, n. 3, p. 947-955, 2012.

LEMOS, L. M. C.; SANTOS, S. R.; LEMOS, J. P. Crescimento do meloeiro Cantaloupe sob manejo de irrigação por gotejamento em Janaúba, Minas Gerais. Revista Ceres, v. 59, n. 5, p. 614–623, 2012.

MANTOVANI, E, C.; BERNARDO, S.; PALARETTI, L. F. Irrigação - Princípios e Métodos. 3. ed. Viçosa, MG: UFV, 2009. 355 p.

MERRIAM, J. L.; KELLER, J. Farm irrigation system evaluation: A guide for management. Logan: Utah State University, 1978. 271 p.

NEUMANN, M.; RESTLE, J.; ALVES FILHO, D. C. et al. Avaliação do valor nutritivo de planta e da silagem de diferentes híbridos de sorgo (Sorghum bicolor, L. Moench). Revista Brasileira de Zootecnia, v. 31, n. 1, p. 293-301, 2002.

NEVES, A. L. A. et al. Agronomic Characteristics of Sorghum Cultivars for Silage Production in the Agreste of Pernambuco State. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 13, n. 3, p. 382-390, 2014.

PEDREIRA, M. S. et al. Características agronômicas e composição química de oito híbridos de sorgo (Sorghum bicolor (L.) MOENCH). Revista Brasileira de Zootecnia, v. 32, n. 5, p. 1083-1092, 2003.

PORTO, M. L. et al. Índice SPAD para o diagnóstico do estado de nitrogênio na cultura da abobrinha. Horticultura Brasileira, v. 29, n. 3, p. 311-315, 2011.

SHER, A. et al. Growth Response and Plant Water Status in Forage Sorghum [Sorghum bicolor (L.) Moench] Cultivars Subjected to Decreasing Levels of Soil Moisture. Australian Journal of Crop Science, v.7, n. 6, p. 801-808, 2013.

SILVA, T. C. et al. Agronomic Divergence of Sorghum Hybrids for Silage yield in the Semiarid Region of Paraíba. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, n. 9, p. 1886-1893, 2011.

SILVA, T. C. et al. Divergence of the fermentative and bromatological characteristis of 25 sorghum hybrid silages. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 41, n. 5, p. 1127-1133, 2012.

SILVEIRA, R. N. et al. Influência do nitrogênio degradável no rúmen sobre a degradabilidade in situ, os parâmetros ruminais e a eficiência de síntese microbiana em novilhos alimentados com cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 38, n. 3, p. 570–579, 2009.

SKONIESKI, F. R. et al. Produção, caracterização nutricional e fermentativa de silagem de sorgo forrageiro e sorgo duplo propósito. Acta Scientiarum Animal Science, v. 32, n. 1, p. 27-32, 2010.

TABOSA, J. N. et al. Comportamento de cultivares de sorgo forrageiro em diferentes ambientes agroecológicos dos estados de Pernambuco e Alagoas. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 1, n. 2, p. 47-58, 2002.

VAN SOEST, P. J.; ROBERTSON, J .B.; LEWIS, B. A. Methods for dietary fiber, neutral detergent fiber, and nonstarch polysaccharides in relation to animal nutrition. Journal of Dairy Science, v. 74, n. 10, p. 3583-3597, 1991.

VIEIRA, G. H. S. et al. Lâminas de irrigação em cana-de-açúcar para diferentes condições de disponibilidade hídrica. Irriga & Inovagri, v. 1, n. 2, p. 137-148, 2015.

ZWIRTES, A. L. et al. Desempenho produtivo e retorno econômico da cultura do sorgo submetida à irrigação deficitária. Revista Engenharia Agrícola, v. 35, n. 4, p. 676-688, 2015.

Publicado
2019-11-19
Seção
Engenharia Agrícola