CRESCIMENTO INICIAL DE MELANCIEIRA EM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE HIDROGEL E CONDIÇÕES DE SOMBREAMENTO

Palavras-chave: Citrullus lanatus. Condicionador de solo. Malhas de sombreamento.

Resumo

A melancieira é uma cucurbitácea cultivada em várias regiões do Brasil, principalmente, em áreas de sequeiro, sujeito aos riscos da irregularidade das chuvas. O hidrogel é um condicionador do solo utilizado para reter e disponibilizar água para as plantas por períodos prolongados. Assim, a incorporação do hidrogel no solo visando aumentar a disponibilidade de água para o cultivo da melancieira pode ser uma alternativa para diminuir os riscos de déficit hídrico. Diante do exposto, objetivou avaliar o efeito do hidrogel no crescimento inicial de melancieira cultivar ‘Crimson Sweet’, em diferentes condições de sombreamento. O trabalho foi realizado em casa de vegetação, organizado experimentalmente no delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x3, sendo o primeiro fator quatro doses de hidrogel (0,0; 1,5; 3,0; 6,0 g L-1 de substrato) e o segundo fator três ambientes de sombreamento (sol pleno; malha de cor preta e malha fotoconversora de cor vermelha, ambas com 50 % de sombreamento), e cinco repetições por tratamento. Procedeu-se as análises das seguintes variáveis: altura das plantas, diâmetro do caule, massa seca da parte aérea, massa seca da raiz, massa seca total e área foliar. A melhor concentração dentre aquelas testadas para o cultivo de melancieira foi de 1,5 g L-1 de hidrogel, sendo que doses superiores não favorecem o crescimento das plantas, independentemente das condições de sombreamento. O uso da malha preta favoreceu o acúmulo de massa em plantas de melancia ‘Crimson Sweet’ enquanto a malha vermelha induziu ao estiolamento das plantas.

Referências

AHMED, E. M. Hydrogel: Preparation, characterization, and applications. Journal of Advanced Research, v. 6, n. 2, p. 105-121, 2015.

ARAÚJO, J. R. G. et al. Efeito do recipiente e ambiente de cultivo sobre o desenvolvimento de mudas de mamoeiro cv. Sunrise Solo. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 28, n. 3, p. 526-529, 2006.

BERNARDI, M. R. et al. Crescimento de mudas de Corymbia citriodora em função do uso de hidrogel e adubação. Cerne, v. 18, n. 1, p. 67-74, 2012.

CÂMARA, G. R. et al. Avaliação do desenvolvimento do cafeeiro conilon robusta tropical mediante uso de polímeros hidroretentores e diferentes turnos de rega. Enciclopédia Biosfera, v. 7, n. 13, p. 135-146, 2011.

DEMARTELAERE, A. C. F. et al. Utilização de polímero hidroabsorvente no meloeiro (Cucumis melon L.) sob diferentes lâminas de irrigação. Revista Caatinga, v. 22, n. 3, p. 6-9, 2009.

DRANSKI, J. A. L. et al. Sobrevivência e crescimento do pinhão-manso em função do método de aplicação e formulações de hidrogel. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 17, n. 5, p. 537-542, 2013.

FAGUNDES, M. C. P. et al. Polímero hidroabsorvente na redução de nutrientes lixiviados durante a produção de mudas de maracujazeiro-amarelo. Revista Caatinga, v. 28, n. 1, p. 121-129, 2015.

GILBERT, C. et al. Effects of hydrogels on soil moisture and growth of cajanus cajan in semi-arid zone of Kongelai West Pokot County. Open Journal of Forestry, v. 4, n. 1, p. 34-37, 2014.

HENRIQUE, P. de C. et al. Aspectos fisiológicos do desenvolvimento de mudas de café cultivadas sob telas de diferentes colorações. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 46, n. 5, p. 458-465, 2011.

HOAGLAND, D. R.; ARNON, D. I. The water culture method for growing plants without soils. Berkeley: California: Agricultural Experiment Station, 1950. 39 p. (Circular, 347).

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Produção Agrícola Municipal. 2017. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>. Acesso em: 18 out. 2018.

LOPES, M. B. S. et al. Cowpea bean production under water stress using hydrogels. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 47, n. 1, p. 87-92, 2017.

MONTESANO, F. F. et al. Biodegradable superabsorbent hydrogel increases water retention properties of growing media and plant growth. Agriculture and Agricultural Science Procedia, v. 4, s/n., p. 451-458, 2015.

MOREIRA, R. A. et al. Efeito de doses de polímero hidroabsorvente no enraizamento de estacas de amoreira. Revista Agrarian, v. 3, n. 8, p. 133-139, 2010.

OLIVEIRA, A. M. D. et al. Produção de mudas de melancia em diferentes ambientes e de frutos a campo. Revista Ceres, v. 62, n. 1, p. 87-92, 2015a.

OLIVEIRA, J. B. de et al. Rendimento e qualidade de frutos de melancia em diferentes épocas de plantio. Revista Caatinga, v. 28, n. 2, p. 19-25, 2015b.

OLIVEIRA, V. C. de et al. Respostas fisiológicas de plantas de orégano (Origanum vulgare L.) cultivadas sob malhas coloridas e fertilizantes orgânicos. Revista Colombiana de Ciencias Hortícolas, v. 11, n. 2, p. 400-407, 2017.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. Disponível em: <https://www.R-project.org/>. Acesso em: 18 out. 2018. 57

REGO, G. M.; POSSAMAI, E. Efeito do sombreamento sobre o teor de clorofila e crescimento inicial do jequitibá-rosa. Boletim de Pesquisa Florestal, s/v., n. 53, p. 179-194, 2006.

SANTOS, H. T. et al. Cultivo de alface em solos com hidrogel utilizando irrigação automatizada. Engenharia Agrícola, v. 35, n. 5, p. 852-862, 2015.

SHAHAK, Y. Photo-selective netting for improved performance of horticultural crops. A review of ornamental and vegetable studies carried out in Israel. Acta Horticulturae, s/v., n. 770, p. 161-168, 2008.

YANG, L. et al. Influence of super absorbent polymer on soil water retention, seed germination and plant survivals for rocky slopes eco-engineering. Ecological Engineering, v. 62, s/n., p. 27-32, 2014.

VICHIATO, M. et al. Crescimento e composição mineral do porta-enxerto tangerineira cleópatra cultivado em substrato acrescido de polímero hidrorretentor. Ciência e Agrotecnologia, v. 28, n. 4, p. 748-756, 2004.

Publicado
2019-11-19
Seção
Agronomia