ABORDAGEM MULTIVARIADA NA AVALIAÇÃO DA PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO DO LEITE DE BÚFALAS NO SEMIÁRIDO NORDESTINO

Palavras-chave: Análise fatorial. Contagem de células somáticas. Discriminante canônica. Qualidade do leite de búfala.

Resumo

Objetivou-se avaliar a produção, composição química e parâmetro de qualidade higiênico sanitária do leite de búfalas da raça Murrah criadas no semiárido nordestino. Foram utilizados dados de 13.752 observações de lactações coletados dos anos de 2013 a 2016 em plantel no Rio Grande do Norte. Foram avaliadas a qualidade do leite através da composição química (teores de gordura, proteína, lactose, e sólidos totais), contagem de células somáticas (CCS) e produção do leite. Os dados foram submetidos a correlação de Pearson, análise fatorial, análise de variância multivariada por ano e por período (seco, chuvoso e transição) e análise discriminante canônica por ano e por período. Correlação alta e positiva foi observada para sólidos totais e gordura (0,91), e correlação positiva para proteína e sólidos totais, produção e lactose. Por meio da análise fatorial, foram selecionados 3 fatores que explicaram 88% da variação total. O primeiro fator foi considerado “fator qualidade do leite”, o segundo fator como “fator produção de leite” e o terceiro como “fator sanidade”. Houve efeito significativo de ano e não significativo de períodos para as variáveis estudadas. Na análise discriminante canônica por ano as variáveis de poder maior discriminante foram (CCS), produção de leite e sólidos totais. Dentro de período, as variáveis mais discriminantes foram proteína, produção, lactose, gordura e sólidos totais. As análises multivariadas mostram-se eficiente na avaliação da produção e composição química do leite búfala, podendo ser usada com segurança em futuros estudos dessa natureza.

Referências

ARAÚJO, T. P. M. et al. Influência das estações do ano sobre a composição do leite de búfalas mantido em tanque de resfriamento. Agropecuária Científica no Semi-Árido, v. 7, n. 1, p. 1–5, 2011.

AULDIST, M. J.; HUBBLE, I. B. Effects of mastitis on raw milk and dairy products. Australian Journal Dairy Technology, v. 53, n. 1, p. 28–36, 1998.

BARRETO, M. L. J. et al. Análise de correlação entre a contagem de células somáticas (ccs), a produção, o teor de gordura, proteína e extrato seco total do leite bubalino. Agropecuária Cientifica no Semi-Árido, v. 6, n. 2, p. 43–53, 2010.

BUENO, V. et al. Contagem celular somática: relação com a composição centesimal do leite e período do ano no Estado de Goiás. Ciência Rural, v. 35, n. 4, p. 848–854, 2005.

CASTRO, K. A. et al. Efeito Da Contagem De Células Somáticas Sobre a Qualidade Dos Queijos Prato E Mussarela. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, v. 8, n. 1, p. 1237–1250, 2014.

CLIMATE-DATA.ORG. Climate Rio Grande do Norte: Temperature, climate graph, Climate table for Rio Grande do Norte - Climate-Data.org. Disponível em: <https://en.climate-data.org/region/216/>. Acesso em: 30 set. 2018.

COSTA, V. M. M. DE; SIMÕES, S. V.D.; RIET-CORREA, F. Doenças parasitárias em ruminantes no semi-árido brasileiro. Pesquisa Veterinaria Brasileira, v. 29, n. 7, p. 563–568, 2009.

CRUZ, A. et al. Química, Bioquímica, Análise Sensorial e Nutrição no Processamento de Leite e Derivados. 1. ed. Rio de Janeiro, RJ: Elsevier Brasil, 2016. 304 p.

FERREIRA, M. A. et al. Estratégias na suplementação de vacas leiteiras no semi-árido do Brasil. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 38, n. 1, p. 322–329, 2009.

FIGUEIREDO, E. L.; JÚNIOR, J. DE B. L.; TORO, M. J. U. Caracterização físico-química e microbiológica do leite de búfala “in natura” produzido no estado do Pará. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, v. 4, n. 1, p. 19–28, 2010.

GOMES, C. C. Análise da cadeia produtiva do leite na bacia leiteira do sertão alagoano no período de 1990 a 2010. 2017. 67 f. Monografia (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal de Alagoas, Santana do Ipanema, 2017.

GONZÁLEZ, F. H. D. Composição bioquímica do leite e hormônios da lactação. In: GONZÁLEZ, F. H. D.; DÜRR, J. W.; FONTANELI, S. R. (Eds.). Uso do leite para monitorar a nutrição e o metabolismo de vacas leiteiras. Porto Alegre: Faculdade de Medicina Veterinária da UFRGS, 2001. v. 1, cap. 1, p. 5–22.

HAIR JR, J. F. et al. Análise multivariada de dados. 6. ed. Porto Alegre, RS: BOOKMAN, 2009. 688 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Censo Agropecuário: resultados preliminares. Disponível em: <https://censos.ibge.gov.br/agro/2017/resultados-censo-agro-2017/resultados-preliminares.html>. Acesso em: 20 abr. 2019.

JOLLIFFE, I. T. Discarding variables in the main component analysis. I. Artificial Data. Journal of the Royal Statistical Society: Series C (Applied Statistics), v. 21, n. 1, p. 160–173, 1972.

JOLLIFFE, I. T. Discarding Variables in a Principal Component Analysis. Ii: Real Data. Journal of the Royal Statistical Society: Series C (Applied Statistics), v. 22, n. 1, p. 21–31, 1973.

JOHNSON. A.; WICHERN, D. W. Applied Multivariate Statistical Analysis. New Jersey: Prentice Hall, 2007. 773 p.

LUNA, A. A. et al. Características Morfogênicas de Gramíneas Forrageiras no Nordeste do Brasil. Revista Científica de Produção Animal, v. 14, n. 2, p. 138–141, 2012.

MARENGO, J. A. Vulnerabilidade, impactos e adaptação à mudança do clima no semi-árido do Brasil. Mudança do Clima Prospecção Tecnológica, v. 13, n. 27, p. 149–176, 2006.

MINGOTI, S. A. Análise de dados através de métodos de estatística multivariada: uma abordagemaplicada. 1. ed. Belo Horizonte, MG: EDITORA UFMG, 2005. 295 p.

MORRISON, D. F. Multivariate statistical methods. 2. ed. New York, EUA: McGraw-Hill Company, 1976. 415 p.

NASCIMENTO, M. R. et al. Caracterização físico-química do leite em propriedades do município de santa rita do passa quatro – SP. Revista Investigação medicina veterinária, v. 15, n. 1, p. 49–54, 2016.

ROSA, D. C. et al. Qualidade do leite em amostras individuais e de tanque de vacas leiteiras. Arquivos do Instituto Biológico, v. 79, n. 4, p. 485–493, 2012.

SABEDOT, M. A. et al. Correlação entre contagem de células somáticas, parâmetros microbiológicos e componentes do leite em amostras de leite. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 14, n. 2, p. 101–106, 2011.

SOARES, A. D. et al. Composiçao do leite de búfala em diferentes ordens de parto. Agropecuária Científica no Semi Árido, v. 9, n. 4, p. 53–60, 2013.

SOUZA, R. et al. Produção e qualidade do leite de vacas da raça Holandesa em função da estação do ano e ordem de parto. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 11, n. 2, p. 484–495, 2010.

VARGAS, D. P. et al. Correlações entre contagem de células somáticas e parâmetros físico-químicos e microbiológicos de qualidade do leite. Ciência Animal Brasileira, v. 15, n. 4, p. 473–483, 2014.

Publicado
2019-11-19
Seção
Zootecnia