VARIABILIDADE ESPACIAL DE PARÂMETROS QUÍMICOS DO SOLO E SEUS EFEITOS NA PRODUTIVIDADE DA TIFTON 85

Palavras-chave: Agricultura de precisão. Dependência espacial. Geoestatística.

Resumo

Os estudos sobre a variabilidade espacial de atributos do solo de pastagens tropicais buscam conhecimentos que possam auxiliar nas tomadas de decisões sobre os manejos destes solos. O presente estudo teve como objetivo avaliar a variabilidade espacial de atributos químicos do solo e seus efeitos na produtividade de área cultivada com Tifton 85. O experimento foi realizado na Fazenda Feno Rio, localizada na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em Seropédica, em uma área de 3,91 ha. Os solos foram amostrados em malha irregular, perfazendo o total de 50 pontos georreferenciados, nas profundidades de 0-0,20 e 0,20-0,40 m. Foram analisados os atributos químicos do solo pH em água, Al+3, Ca+2, Mg+2, Na+, K+, P, H+Al e COT, além da massa seca (MS) da Tifton 85 para avaliação da produtividade. A partir destes parâmetros foram realizadas análises de estatística descritiva, correlação linear, geoestatística e geração de mapas. Foi possível inferir diferentes zonas de produtividade em relação à média geral, verificando-se que a produtividade média na área foi de 2.248 kg ha-1. Os parâmetros químicos do solo Na+, Ca+2, COT e H+Al correlacionaram significativamente com a MS, confirmando serem importantes e interferirem na produtividade da Tifton 85. Percebeu-se que a realização de mapeamentos ao longo do ciclo da Tifton 85 são importantes na compreensão da variabilidade da produção de MS e a investigação de áreas com diferentes potenciais produtivos deve ser acompanhada de mapas de atributos químicos do solo, buscando correlacionar e entender as razões que podem estar envolvidas nestas variações.

 

Referências

ALMEIDA, J. C. C. et al. Nutritive value of Tifton 85 hay ammoniated with urea. Acta Scientiarum. Animal Sciences, 41: e42473, 2019.

AQUINO, R. E. et al. Geoestatística na avaliação dos atributos físicos em Latossolo sob floresta nativa e pastagem na Região de Manicoré, Amazonas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 38: 397-406, 2014.

ARTUR, A. G. et al. Variabilidade espacial dos atributos químicos do solo, associada ao microrrelevo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 18: 141-149, 2014.

BARBIERI, R. S. et al. Variabilidade de atributos físicos e químicos para recuperação de um Argissolo Vermelho sob pastagem degradada no Cerrado. Revista Espacios, 38: 1-18, 2017.

BERNARDI, A. C. C. et al. Variabilidade espacial de parâmetros físico-químicas do solo e biofísicos de superfície em cultivo do sorgo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 18: 623-630, 2014.

CAMBARDELLA, C. A. et al. Field-scale variability of soil properties in central Iowa soils. Soil Science Society of AmericaJournal, 58: 1501-1511, 1994.

CARVALHO, J. R. P.; SILVEIRA, P. M.; VIEIRA, S. R. Geoestatística na determinação da variabilidade espacial de características químicas do solo sob diferentes preparos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 37: 1151-1159, 2002.

COLUSSI, G; SILVA, L. S.; MINATO, E. A. Escarificação e adubação orgânica: efeito na recuperação estrutural de solo produzindo Tifton 85. Ciência Rural, 44: 1956-1961, 2014.

COUTINHO, E. L. et al. Calagem e adubação potássica para o capim-Tifton 85. Bioscience Journal, 30: 101-111, 2014.

DELGADO, F. M. AgricolaeR: a package for estatistical analysis. Departamento de Estatística e Informática, Universidade Nacional Agrária La Molina, Peru, 2018.

ENVIRONMENTAL SYSTEMS RESEARCH INSTITUTE - ESRI. ArcGIS® 10.5.2: New Release Transforms Enterprise GIS. Redlands, 2016.

FERNANDES, M. S.; SOUZA, S. R.; SANTOS, L. A. Nutrição Mineral de Plantas. 2. ed. Viçosa, MG: SBCS, 2018. 670 p.

FREIRE, L. R et al. Manual de calagem e adubação do Estado do Rio de Janeiro. 1. ed. Brasília, DF: Embrapa; Seropédica, RJ: Editora Universidade Rural, 2013. 430 p.

GIOSTRI, A. F. et al. Resíduo de indústria de enzimas no crescimento da pastagem e propriedades químicas do solo. Acta Scientiarum. Agronomy, 36: 247-257, 2014.

GOMES, E. P. et al. Produtividade de pastagem de capim Tifton 85 irrigado e sobressemeada com forrageiras de inverno. Acta Scientiarum. Animal Sciences, 37: 123-128, 2015.

ISAAKS, E. H.; SRIVASTAVA, R. M. An introduction to applied geostatistics. 1. ed. New York: Oxford University, 1989. 561 p.

LEITE, L. F. C. et al. Variabilidade espacial das frações da matéria orgânica do solo em área degradada sob recuperação. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 19: 394-401, 2015.

LIMA, G. C. et al. Variabilidade de atributos do solo sob pastagens e mata atlântica na escala de microbacia hidrográfica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 18: 517-526, 2014.

PIAS, O. H. C. et al. Mapeamento da produção de massa seca do Tifton 85 e sua correlação com os atributos químicos do solo. Semina: Ciências Agrárias. 36: 2093-2104, 2015.

PIMENTEL-GOMES, F.; GARCIA, C. H. Estatística aplicada a experimentos agronômicos e florestais. 1. ed. Piracicaba, SP: FEALQ, 2002. 309 p.

POCZYNEC, M. et al. Capacidade produtiva e qualidade nutricional de gramíneas perenes submetidas a sistema contínuo de cortes. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, 68: 785-794, 2016.

RAMOS, D. P.; CASTRO, A. F.; CAMARGO, M. N. Levantamento detalhado de solos da área da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 8: 1-27, 1973.

REZENDE, A. V. et al. Características estruturais, produtivas e bromatológicas dos capins Tifton 85 e Jiggs fertilizados com alguns macronutrientes. Semina: Ciências Agrárias, 36: 1507-1518, 2015.

RIBEIRO JUNIOR, P. J.; DIGGLE, P. J. GeoR: a packagef or geostatistical analysis. R-News, 1: 14-18, 2001.

SIMÕES, C. R. et al. Imagens multiespectrais para avaliação de índice de área foliar e massa seca do capim ‘Tifton 85’, sob adubação nitrogenada. Ciência Rural, 45: 697-703, 2015.

SOARES, M. D. R. et al. Variabilidade espacial dos atributos do solo sob agroflorestal na região de Humaitá, AM. Gaia Scientia, 12: 33-41, 2018.

TEIXEIRA, P. C. et al. Manual de métodos de análise de solo. 3. ed. rev. e ampl. Brasília, DF: Embrapa, 2017. 573 p.

VIEIRA, S. R. et al. Geoestatistical theory and application to variability of some agronomical properties. Hilgardia, 51: 1-75, 1983.

YAMAMOTO, J. K.; LANDIM, P. M. B. Geoestatística: conceitos e aplicações. 1. ed. São Paulo, SP: Oficina de Textos, 2013. 215 p.

YEOMANS, J. C.; BREMNER, J. M. A rapid and precise method for routine determination of organic carbon in soil. Communications in Soil Science and Plant Analysis, 19: 1467-1476, 1988.

Publicado
2020-02-14
Seção
Zootecnia