AVEIA PRETA E AZEVÉM INOCULADAS COM Azospirillum brasilense EM SISTEMA LAVOURA-PECUÁRIA

Palavras-chave: Adubação nitrogenada. Alturas de pastejo. Inoculação.

Resumo

O sucesso do sistema de integração lavoura-pecuária depende do correto manejo da pastagem, principalmente quanto às alturas de manejo do pastejo e adubação. Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a produção de forragem e a proporção dos componentes botânicos e estruturais de uma pastagem de aveia preta e azevém. Os tratamentos foram organizados em um trifatorial: inoculação de sementes (com e sem inoculação com a bactéria Azospirillum brasilense), manejo de pastejo (pastejo convencional, onde os animais permaneciam na pastagem sem um controle da altura da pastagem, altura da pastagem na saída dos animais de 30, 20 e 10 cm e uma testemunha sem pastejo), e o fator adubação nitrogenada (0, 50 e 100 kg de nitrogênio ha-1). Foi coletada a massa de forragem presente em cada tratamento no momento da entrada e saída dos animais do pastejo e por meio de separação manual dos componentes determinou-se a massa seca de lâminas foliares verdes, massa seca de colmos, massa seca de material senescente, massa seca de inflorescência. A produção total de matéria seca foi obtida pela massa de forragem inicial acrescida das taxas de acúmulo diárias. As proporções dos componentes estruturais variaram em função dos diferentes manejos de pastejo, doses de nitrogênio e inoculação com A. brasilense. A produção de biomassa da pastagem de aveia preta e azevém foi incrementada pela aplicação de nitrogênio e com a inoculação de A. brasilense, sendo possível realizar a substituição do nitrogênio mineral pelo uso de A. brasilense.

 

Referências

AAZADI, M. S. et al. The Study Effect of Nitrogen, Azotobacter Spp. and Azospirillum Spp. on Phenological and Morphological Traits of Durum Wheat Cultivars in Dehloran Region, Iran. Cercetari Agronomice in Moldova, 47: 15-21, 2014.

AON, M. et al. Diazotrophic inoculation supplemented nitrogen demand of flooded rice under field conditions. Pakistan Journal of Agricultural Sciences, 52:145-150, 2015.

BAGGIO, C. et al. Padrões de uso do tempo por novilhos em pastagem consorciada de azevém anual e aveia-preta. Revista Brasileira de Zootecnia, 37: 1912-1918, 2008.

BALBINOT, A. A. et al. Integração lavoura-pecuária: intensificação de uso de áreas agrícolas. Ciência Rural, 39: 1925-1933, 2009.

BALDANI, J. I.; BALDANI, V. L. History on the biological nitrogen fixation research in graminaceous plants: special emphasis on the Brazilian experience. Anais da Academia Brasileira de Ciências, 77: 549-579, 2005.

BILAL, M. et al. Dry matter yield and forage quality traits of oat (Avena sativa L.) under integrative use of microbial and synthetic source of nitrogen. Journal of the Saudi Society of Agricultural Sciences, 16: 236-241, 2017.

BRUM, M. et al. Components of corn crop yield under inoculation with Azospirillum brasilense using integrated crop-livestock system. Acta Scientiarum. Agronomy, 38: 485-492, 2016.

CASSOL, L. C. et al. Produtividade e composição estrutural de aveia e azevém submetidos a épocas de corte e adubação nitrogenada. Revista Ceres, 58: 438-443, 2011.

DOMINGUES NETO, F. et al. Influência de Azospirillum brasilense no desenvolvimento vegetativo, produção de forragem e acúmulo de massa seca da aveia preta. Enciclopédia Biosfera, 10: 2013-2019, 2014.

EMBRAPA SOLOS – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Sistema brasileiro de classificação de solos. EMBRAPA Produção de Informação, Brasília, p. 16, 2006.

FILGUEIRAS, L. M.; MENESES, C. H. Efeito das bactérias promotoras de crescimento de plantas na proteção contra o estresse hídrico. Journal of Biology & Pharmacy and Agricultural Management, 11: 21-30, 2015.

HUNGRIA, M.; NOGUEIRA, M.; ARAUJO, R. Soybean seed co-inoculation with Bradyrhizobium spp. and Azospirillum brasilense: a new biotechnological tool to improve yield and sustainability. American Journal of Plant Sciences, 6: 811-817, 2015.

HUNGRIA, M.; NOGUEIRA, M.; ARAUJO, R. Inoculation of Brachiaria spp. with the plant growth-promoting bacterium Azospirillum brasilense: an environment-friendly component in the reclamation of degraded pastures in the tropics. Agriculture, Ecosystems & Environment, 221: 125-131, 2016.

KAZI, N. et al. The response of wheat genotypes to inoculation with Azospirillum brasilense in the field. Field Crops Research, 196: 368-378, 2016.

KUNRATH, T. R. et al. Management targets for continuously stocked mixed oat× annual ryegrass pasture in a no-till integrated crop–livestock system. European Journal of Agronomy, 57: 71-76, 2014.

KUREPIN, L.; ZAMAN, M.; PHARIS, R. Phytohormonal basis for the plant growth promoting action of naturally occurring biostimulators. Journal of the Science of Food and Agriculture, 94: 1715-1722, 2014.

MULLER, T. et al. Combination of inoculation methods of Azospirillum brasilense with broadcasting of nitrogen fertilizer increases corn yield. Ciência Rural, 46: 210-215, 2016

PELLEGRINI, L. et al. Produção e qualidade de azevém-anual submetido a adubação nitrogenada sob pastejo por cordeiros. Revista Brasileira de Zootecnia, 39: 1894-1904, 2010.

PICCININ, G. et al. Efficiency of seed inoculation with Azospirillum brasilense on agronomic characteristics and yield of wheat. Industrial Crops and Products, 43: 393-397, 2013.

SCHAEFER, P. et al. Inoculation with Azospirillum brasilense on corn yield and yield components in an integrated crop-livestock system. Acta Scientiarum. Agronomy, 41: e39481, 2019.

SILVA, P. C. et al. Fitomassa e relação C/N em consórcios de sorgo e milho com espécies de cobertura. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 44: 1504-1512, 2009.

SOUZA, E. D. et al. Soil aggregation in a crop-livestock integration system under no-tillage. Revista Brasileira de Ciência do solo, 34: 1365-1374, 2010.

WALKER, V. et al. Variation of secondary metabolite levels in maize seedling roots induced by inoculation with Azospirillum, Pseudomonas and Glomus consortium under field conditions. Plant and soil, 356: 151-163, 2012.

Publicado
2021-05-10
Seção
Agronomia