COMPOSIÇÃO E FREQUÊNCIA DE VISITANTES FLORAIS EM ALGUMAS VARIEDADES DE MELOEIRO SOB DIFERENTES SITUAÇÕES DE CULTIVOS

Palavras-chave: Polinização. Melão. Apis mellifera. Cucumis melo.

Resumo

Investigações anteriores mostraram que cultivares diversas de meloeiro podem apresentar diferente atratividade para abelhas. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a composição, frequência e comportamento de visitantes florais de algumas cultivares do meloeiro (Cucumis melo) (Amarelo, Pele de Sapo, Cantaloupe, Gália) em variadas situações (cultivo convencional e orgânico, época seca e chuvosa, com e sem mulching e introdução ou não de colmeias de abelhas melíferas) nos principais polos de produção do Nordeste brasileiro (Petrolina-PE/Juazeiro-BA, Pacajus-CE e Mossoró-RN). As observações e coletas dos visitantes ocorreram das 5h00 às 18h00, em dias não consecutivos. Foram registradas 12 espécies de insetos, a maioria abelhas.  Entre elas, a mais frequente foi Apis mellifera (99.68%), mas outras espécies apareceram esporadicamente (menos de 0,5%): Xylocopa grisescens, Trigona spinipes, Plebeia sp., Melipona mandacaia, Frieseomelitta doedereleini, Halicitidae. Apis mellifera esteve presente em todas as cultivares e locais estudados. Xylocopa grisescens apareceu em dois polos, mas não em Pacajus-CE, no tipo Amarelo.  E Trigona spinipes, embora estivesse presente nos três polos, não foi registrada no Pele de Sapo. O tipo Amarelo, com cultivo orgânico, sem o uso de mulching, e presença de colmeias de abelhas melíferas, no polo Petrolina-PE/Juazeiro-BA, na época seca, foi a combinação de fatores que apresentou maior número de Apis mellifera como principal polinizadora das flores do meloeiro.

Referências

BHARDWAJ, R. L.; KENDRA, K. V. Effect of mulching on crop production under rainfed condition – a review. Agricultural Reviews, 34: 188-197, 2013.

BROWN, J. C.; ALBRECHT, C. The Effect of Tropical Deforestation on Stingless Bees of the Genus Melipona (Insecta: Hymenoptera: Apidae: Meliponini) in Central Rondônia, Brazil. Journal of Biogeography, 28: 23-634, 2001.

FREITAS, B. M. A importância relativa de Apis mellifera e outras espécies de abelhas na polinização de culturas agrícolas. In: Encontro sobre Abelhas, n03. 1998, Ribeirão Preto. Anais… Ribeirão Preto: USP, 1998, p. 10-20.

GARIBALDI, L. A. et al. Stability of pollination services decreases with isolation from natural areas despite honey bee visits. Ecology Letters, 14: 1062-1072, 2011.

GARIBALDI, L. A. et al. Wild Pollinators Enhance Fruit Set of Crops Regardless of Honey Bee Abundance. Science, 339: 1608-1611, 2013.

GIANNINI T. C. et al. Crop pollinators in Brazil: a review of reported interactions. Apidologie, 46: 209-223, 2015a.

GIANNINI, T. C. et al. The dependence of crops for pollinators and the economic value of pollination in Brazil. Journal of Economic Entomology, v. 108, p. 849-857, 2015b.

IMPERATRIZ-FONSECA, V. L. et al. Polinizadores no Brasil. Contribuição para a biodiversidade, uso sustentado, conservação e serviços ambientais. São Paulo, SP: Edusp, p. 2012. p. 488.

JAFFÉ, R. et al. Monogamy in large bee societies: a stingless paradox. Naturwissenschafte, 101: 261-264, 2014.

JAFFÉ, R. et al. Landscape genetics of a tropical rescue pollinator. Conservation Genetics, 17: 267-278, 2015.

KLEIN, A. M. et al. A polinização agrícola por insetos no Brasil: Um Guia para Fazendeiros, Agricultores, Extensionistas, Políticos e Conservacionistas. 1. ed. Fortaleza, CE: UNIFR, 2020. 149 p.

KIILL, L. H. P. et al. Avaliação do padrão de visitação de Apis mellifera em três cultivares de meloeiro em Petrolina-PE, Brasil. Revista Brasileira de Fruticultura, 33: 455-460, 2011.

KIILL, L. H. P. et al. Plano de manejo de polinizadores do meloeiro. 1. ed. Petrolina, PE: Embrapa Semiárido, 2015. 267 p. (Documentos, 18).

MARTINS, C. F. et al. Density and Distribution of Xylocopa Nests (Hymenoptera: Apidae) in Caatinga Areas in the Surroundings of Passion Fruit Crops. Neotropical Entomology, 43: 314-321, 2014.

OLLERTON, J. et al. Overplaying the role of honey bees as pollinators: A comment on Aebi and Neumann (2011). Trends in Ecology and Evolution, 27: 141-142, 2012.

PIRES, C. S. S. et al. Enfraquecimento e perda de colônias de abelhas no Brasil: há casos de CCD? Pesquisa Agropecuária Brasileira, 51: 422-442, 2016.

PEREIRA, M.; GARÓFALO, C. A. Biologia da nidificação de Xylocopa frontalis e Xylocopa grisescens (Hymenoptera, Apidae, Xylocopini) em ninhos-armadilha. Oecologia Australis, 14: 193-209, 2010.

RIBEIRO, M. F. Abelha irapuá: comportamento polinizador e destrutivo em plantas nativas e cultivadas. In: II SEMANA DOS POLINIZADORES, 2009, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido. 2010. p. 83.

RIBEIRO, M. F.; SILVA, E. M. S.; LIMA, C. B. S. Comparação da utilização de colméias de abelhas melíferas (Apis mellifera) para a polinização em cultivos de melão (Cucumis melo) nas regiões de Mossoró (RN) e Salitre (BA). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE APICULTURA, 19., E CONGRESSO BRASILEIRO DE MELIPONICULTURA, 5., 2012, Gramado. Anais... Gramado: APACAME, 2012. p. 66-66.

RIBEIRO, M. F. et al. Honey bees (Apis mellifera) visiting flowers of yellow melon (Cucumis melo) using different number of hives. Ciência Rural, 45: 1768-1773, 2015.

RIBEIRO, M. F. et al. Resource Collection by Honeybees (Apis mellifera) on Yellow Melon (Cucumis melo) Flowers. Journal of Agricultural Science; 9: 15-20, 2017.

SIQUEIRA, K. M. M. et al. Comparação do padrão de floração e de visitação do meloeiro do tipo amarelo em Juazeiro-BA. Revista Brasileira de Fruticultura, 33, 455-460, 2011.

SIQUEIRA, K. M. M. et al. Effect of agrochemicals on the pattern of visitation of honey bees (Apis mellifera) in melon (Cucumis melo) flowers in Brazilian Northeast. Julius-Kühn-Archives, 437: 180-183, 2012.

SIQUEIRA, K. M. M. et al. A importância dos polinizadores na cultura de Cucumis melo em cultivo com e sem cobertura plástica. Horticultura Argentina, 36: 59-66, 2017.

SOUSA, R. M. et al. Requerimentos de polinização do meloeiro (Cucumis melo) no município de Acaraú-CE-Brasil. Revista Caatinga, 22: 238-242, 2009.

WINFREE, R. et al. A meta-analysis of bee responses to anthropogenic disturbance. Ecology, 90: 2068-2076. 2009.

Publicado
2021-09-27
Seção
Nota Técnica