INTERFERÊNCIA DO CAPIM-AMARGOSO NA CULTURA DA SOJA NO CERRADO BRASILEIRO

Palavras-chave: Digitaria insularis. Glycine max. Matocompetição. Densidade de planta daninha.

Resumo

Entre as espécies que tem causado maiores prejuízos nos sistemas brasileiros de produção de soja, está o capim-amargoso. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da interferência do capim-amargoso na soja cultivada em condições de Cerrado. Para tanto, foram instalados três experimentos à campo, sendo dois simulando área com falhas na dessecação de capim-amargoso na pré-semeadura da soja, com plantas remanescentes desta espécie (E1 e E2) e um no qual simulou a emergência do capim-amargoso ocorreu de forma simultânea a da soja (E3). No E1 e E2, o delineamento utilizado foi o de blocos casualizados (DBC), sendo avaliados cinco tratamentos compostos por densidades crescentes de capim-amargoso (0, 2, 4, 6 e 8 plantas por m2) e quatro repetições. No E3, também foi utilizado o DBC, estando os tratamentos dispostos em arranjo fatorial 2 x 5, com quatro repetições. O primeiro fator foi composto de duas cultivares de soja de ciclo distinto; enquanto que no segundo foram simuladas densidades de capim-amargoso em convivência com a soja, sendo adotadas as mesmas do E1 e E2. O aumento de densidade de capim-amargoso em convivência com a soja proporciona redução na produtividade da cultura, independentemente se estas plantas estavam emergidas na ocasião da semeadura ou se a infestação foi estabelecida após a emergência da soja. A intensidade de redução na produtividade da cultura é maior quando as plantas de capim-amargoso já se encontram entouceiradas na área na ocasião da semeadura da soja, chegando a reduções próximas de 80% na maior densidade de infestação.

 

Referências

ABDELHAMID, M. T.; EL-METWALLY, I. M. Growth, nodulation, and yield of soybean and associated weeds as affected by weed management. Planta Daninha, 26: 855-863, 2008.

ADEGAS, F. S. et al. Impacto econômico da resistência de plantas daninhas a herbicidas no Brasil. 1. ed. Londrina, PR: EMBRAPA SOJA, 2017. 11 p. (Circular Técnica 123).

BALBINOT JÚNIOR, A. A. et al. Phenotypic plasticity in a soybean cultivar with indeterminate growth type. Pesquisa Agropecuária Brasileira 53: 1038-1044, 2018.

CARVALHO, L. B. et al. Detection of sourgrass (Digitaria insularis) biotypes resistant to glyphosate in Brazil. Weed Science, 59: 171-176, 2011.

CLIMATE-DATA. Clima Rio Verde. 2020. Disponível em: < https://pt.climate-data.org/america-do-sul/brasil/goias/rio-verde-4473/>. Acesso em: 06 jun. 2020.

CONSTANTIN, J. et al. Sistemas de manejo de plantas daninhas no desenvolvimento e na produtividade da soja. Bragantia, 68: 125-135, 2009.

DUKE, S. O.; POWLES, S. B.; SAMMONS, R. D. Glyphosate - How it became a once in a hundred year herbicide and its future. Outlooks on Pest Management, 29: 247-251, 2018.

EL-METWALLY, I. M.; ELEWA, T. A. E.; DAWOOD, M. G. Response of soybean cultivars to weed control treatments. Agricultural Engineering International: CIGR Journal, 19: 159-165, 2017.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35: 1039-1042, 2011.

GAZZIERO, D. L. P. et al. Estimating yield losses in soybean due to sourgrass interference. Planta Daninha, 37: e019190835, 2019.

GEMELLI, A. et al. Aspectos da biologia de Digitaria insularis resistente ao glyphosate e implicações para o seu controle. Revista Brasileira de Herbicidas, 11: 231-240, 2012.

HEAP, I. International survey of herbicide resistant weeds. 2020. Disponível em: <http://www.weedscience.com>. Acesso em: 25 jun. 2020.

HEAP, I.; DUKE, S. O. Overview of glyphosate‐resistant weeds worldwide. Pest Management Science, 74: 1040-1049, 2018.

LAMEGO, F. P. et al. Tolerância à interferência de plantas competidoras e habilidade de supressão por genótipos de soja – II. Resposta de variáveis de produtividade. Planta Daninha, 22: 491-498, 2004.

LIU, J. G. et al. The importance of light quality in crop-weed competition. Weed Research, 49: 217-224, 2009.

LÓPEZ-OVEJERO, R. F. et al. Residual herbicides in Roundup Ready soybean: A case study in multiple years and locations with Ipomoea triloba. Ciência e Agrotecnologia, 43: e000319, 2019

LÓPEZ-OVEJERO, R. F. et al. Frequency and dispersal of glyphosate-resistant sourgrass (Digitaria insularis) populations across Brazilian agricultural production areas. Weed Science, 65: 285-294, 2017.

MAROCHI, A. et al. Managing glyphosate-resistant weeds with cover crop associated with herbicide rotation and mixture. Ciência e Agrotecnologia, 42: 381-394, 2018.

MEROTTO JR., A. et al. Interferência das plantas daninhas sobre o desenvolvimento inicial de plantas de soja e arroz através da qualidade da luz. Planta Daninha, 20: 9-16, 2002.

MONKS, D. W.; OLIVER, L. R. Interactions between soybean (Glycine max) cultivars and selected weeds. Weed Science, 36: 770-774, 1988.

NORDBY, D. E.; ALDERKS, D. L.; NAFZIGER, E. D. Competitiveness with weeds of soybean cultivars with different maturity and canopy width characteristics. Weed Technology, 21: 1082-1088, 2007.

PETERSON, M. A. et al. The challenge of herbicide resistance around the world: a current summary. Pest Management Science, 74: 2246-2259, 2018.

RAIMONDI, M. A. et al. Weed interference in cotton plants grown with reduced spacing in the second harvest season. Revista Caatinga, 30: 1-12, 2017.

RAMBO, L. et al. Rendimento de grãos da soja em função do arranjo de plantas. Ciência Rural, 33: 405-411, 2003.

SAMMONS, R. D.; GAINES, T. A. Glyphosate resistance: state of knowledge. Pest Management Science, 70: 1367-1377, 2014.

SOUSA, B. T. et al. Effectiveness of nanoatrazine in post-emergent control of the tolerant weed Digitaria insularis. Journal of Plant Protection Research, 60: 185-192, 2020.

TAKANO, H. K. et al. Spread of glyphosate-resistant sourgrass (Digitaria insularis): Independent selections or merely propagule dissemination? Weed Biology and Management, 18: 50-59, 2018.

WOODS, S. J.; SEARINGIN, M. L. Influence of simulated early lodging upon soybean seed yield and its components. Agronomy Journal, 69: 239-242, 1977.

ZANON, A. J. et al. Desenvolvimento de cultivares de soja em função do grupo de maturação e tipo de crescimento em terras altas e terras baixas. Bragantia, 74: 400-411, 2015.

Publicado
2021-05-10
Seção
Agronomia