A Locomotiva do Tempo da História: o Rádio Durante o Primeiro Governo de Getúlio Vargas – 1930 a 1945

Autores

  • Joanir Fernando Rigo Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.21708/issn2526-9488.v6.n11.p23-38.2022

Resumo

 Durante o primeiro governo de Getúlio Vargas, 1930 a 1945, o Rádio exerceu papel relevante para as intenções do governo. Além de ter sido empregado como ferramenta política, o Rádio pode ter contribuído para que a percepção do tempo dos acontecimentos fosse abreviada. O presente artigo busca analisar se o conceito de Reinhart Koselleck sobre aceleração do tempo na história seria aplicado ao uso do Rádio durante o referido período. Ao final, verificou-se que não apenas a velocidade das comunicações se transformou no período em função da nova tecnologia, como também o seu emprego pode ter contribuído para rápidas mudanças sociais ocorridas. O rádio foi naquele contexto a “locomotiva” da experiência de abreviação temporal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-08-17