L'économie italienne du patrimoine culturel immateriel

  • Anita Mattes

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar algumas reflexões sobre a economia do patrimônio cultural imaterial a partir de certos casos italianos. A Itália é um país com uma grande diversidade de culturas, onde a economia do país faz parte de políticas públicas e privadas. Trata-se de medidas tomadas pelo Estado e pelas comunidades envolvidas para criar processos de desenvolvimento econômico sustentável e inclusivo, objetivando as atividades de atratividade dos territórios. Para este trabalho, coletamos dados com base em coleções bibliográficas e documentais relativas ao território de Premana. Esta cidade, localizada na região da Lombardia (norte da Itália), desenvolve há anos medidas políticas baseadas no uso de sua cultura tradicional. A ideia é a criação de novas práticas (comerciais e industriais) e um cooperativismo social para diversos tipos de associações. Essas atividades têm como elemento básico a valorização de seus conhecimentos seculares – o patrimônio cultural imaterial.

Publicado
2020-07-27