Casos de intoxicação exógena no estado de Pernambuco no ano de 2017

  • Ivyson da Silva Epifânio Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Laiane Moreira Vianna Magalhães Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Daniel Friguglietti Brandespim Universidade Federal Rural de Pernambuco
Palavras-chave: Intoxicação, Medicamentos, Saúde pública, Intoxication, Medicines, Public health

Resumo

Português

As intoxicações exógenas podem ser definidas através das repercussões clínicas e bioquímicas no humano, devido à exposição de forma aguda ou crônica a qualquer substância química. Os dados de intoxicação por produtos químicos têm crescido ao longo do tempo de forma considerável, portanto, objetivou-se com o presente estudo caracterizar e avaliar o perfil epidemiológico dos casos de intoxicações exógenas no estado de Pernambuco no ano de 2017. Para as informações relativas aos casos de intoxicação exógenas em humanos foram utilizados dados do site do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde – DATASUS. Verificou-se que de janeiro a dezembro do ano de 2017 o estado de Pernambuco registrou 6.920 casos de intoxicação exógena por diversos agentes tóxicos. Os resultados demonstram que existe o uso indiscriminado de produtos que são ou podem ter caráter tóxico. Portanto, propõe-se a realização de ações efetivas de promoção a saúde, buscando a redução de novos casos de intoxicação exógena através de uma promoção e prevenção à saúde eficaz.
Palavras-chave: Intoxicação. Medicamentos. Saúde pública.

Inglês

Exogenous intoxications can be defined through clinical and biochemical repercussions in humans due to acute or chronic exposure to any chemical substance. The data on chemical intoxication have grown considerably over time, therefore, the objective of this study was to characterize and evaluate the epidemiological profile of cases of exogenous poisoning in the state of Pernambuco in the year 2017. For the information related to cases of exogenous intoxication in humans, data from the website of the Department of Informatics of the Unified Health System – DATASUS – were used. It was verified that from January to December of the year 2017 the state of Pernambuco recorded 6,920 cases of exogenous intoxication by several toxic agents. The results demonstrate that there is indiscriminate use of products that are or may be toxic. Therefore, it is proposed to carry out effective actions to promote health, seeking to reduce new cases of exogenous intoxication through an effective promotion and prevention of health.
Keywords: Intoxication. Medicines. Public health.

Biografia do Autor

Ivyson da Silva Epifânio, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Especialista em Vigilância em Saúde Ambiental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Residente em Saúde Pública pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Laiane Moreira Vianna Magalhães, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Mestra em Ciência Animal pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

Daniel Friguglietti Brandespim, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Doutor em Medicina Veterinária Preventiva pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Publicado
2019-12-27
Como Citar
Epifânio, I. da S., Magalhães, L. M. V., & Brandespim, D. F. (2019). Casos de intoxicação exógena no estado de Pernambuco no ano de 2017. Revista Informação Em Cultura, 1(2), p. 27-42. https://doi.org/10.21708/issn2674-6549.v1i2a8418.2019
Seção
ARTIGO CIENTÍFICO